Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘filtro solar’

Pois é amigos! Eu estou passando agora no estágio de endocrinologia. E nesse estágio, onde a gente trata muitos doentes crônicos, com diabetes, hipotiroidismo, obesidade, etc, eu descobri uma realidade importante (que na verdade eu já imaginava mas não pensava que a situação era tão grave): pouquíssima gente faz alguma coisa todo o dia só pra ser saudável. Se fazer  for ruim, não der prazer, a gente se autoengana e acaba deixando de lado as  “recomendações médicas”.

É assim com paciente que precisa tomar insulina, é assim, com paciente que precisa seguir dieta rígida, é assim com quem tem que tomar um simples comprimido pela manhã. A graaaande maioria não é disciplinada, essa é a verdade.

Pra gente querer fazer todo dia tem que ser bom!

E se é assim também  quando a gente fala dos assuntos aqui no blog. Vamos pensar, por exemplo, no filtro solar. Não basta a gente saber (e ler várias vezes) que o filtro solar é o melhor tratamento de beleza que existe, que é a melhor forma de prevenir um monte de doenças de pele, que evista e trata rugas, manchas, etc.

O que acaba acontecendo é que se a gente não sente prazer usando o filtro solar, se não é gostoso, no primeiro dia nublado a gente deixa de usar, no segundo dias mais fresquinho a gente passa metade da quantidade que devia e assim por diante.

Por isso amigos, todo mundo me  pergunta se esse filtro solar é bom, se aquele é eficiente, se maquiagem com FPS funciona mesmo, mas a principal regra é a seguinte: o melhor filtro solar do mundo é aquele que você gosta de usar. Que dá vontade de passar no rosto, seja pela textura, pelo cheiro, pelo acabamento que ele dá na pele, ou mesmo pelo charme da embalagem.

Assim, filtro solar bom é aquele que você usa todo dia! Portanto invista tempo para descobrir o seu queridinho! Algumas farmácias bacanas (como por exemplo as do shopping Iguatemi São Paulo e Campinas) deixam você experimentar os produtos na sua pele. Faça isso quantas vezes for preciso.

Eu tomeria sorvete todo dia, até no invernão!

Se não gostar de nenhum continue procurando, pode ser que você encontre uma base com FPS que seja gostosa, ou mesmo um pó com filtro solar. O importante é ser prazeroso o suficiente para você querer usar todos os dias.

Por que é assim, filtro solar, tem que ser que nem sorvete, pra gente querer sempre mais!

 

Read Full Post »

Pessoas leitoras do blog, vocês tem encontrado o sundown beauty por ai? Porque eu não tenho! Fui em várias farmácias, olhei em todas as lojas virtuais que vendem cosméticos que eu conheço e não encontrei em lugar nenhum.

Será que o produto está fazendo tanto sucesso que a Johnson não está dando conta de produzir, ou será que resolveram tirar o produto de linha? Ai ai ai! Enquanto isso existem 8797973 opções de Minesol Activ nas farmácias. Tá até difícil saber qual é qual…

Verão, sol, praia e o meu protetor solar preferido sumido...onde estás que não responde?

Verão, sol, praia e o meu protetor solar preferido sumido...onde estás que não responde?

Por enquanto eu estou de mal (rsrsrs) com a Jonhson e não vou usar nenhum produto deles. !! Estou testanto opções de filtro para pele oleosa.

No momento estou usando o Nivea Light Feeling FPS 50. Na embalagem está escrito que a loção não é oleosa. Mas assim que eu usei no meu rosto achei que se jogasse um ovo em cima dava pra fritar…huahuaha Masa verdade é que absorveu rápido e ficou uma sensação bem gostosa no rosto. Não dá aquela secada-repuxada que o sundown ou o minesol davam, mas também não fica brilhoso não. Então recomendo para quem não tem a pele suuuuper oleosa. A vantagem do FPS 50 é interessante também nos dias mais ensolarados. Meu próximo teste será com o Fluid intense para peles oleosas-acnéica da La Roche Posay.

Enquanto isso continuo procurando wally-sundown-beauty!

Read Full Post »

Mais um post sugerido pelas leitoras do blog, esse pela Flávia aqui.

Eu sempre escreve para todo mundo que pergunta (e como tem gente que pergunta!) nos posts sobre ácido retinóico e hidroquinona que é sempre super importante lavar bem o rosto pela manhã para retirar o produto e depois passar um filtro solar eficiente (de pelo menos 30) já que esses ingredientes se presentes na pele exposta ao sol podem trazer manchas difíceis de serem removidas.

Isso ocorre porque tanto o ácido retinóico são ingredientes fotosenssíveis ou seja, eles estimulam a produção de melanina ao contato com a luz do sol. Mas o que fazer no verão: só o cuidado de lavar e usar filtro solar é suficiente?

Não há um consenso entre os dermatologistas sobre a questão e a conduta muda também conforme a sensibilidade de cada paciente. Em geral para o dia a dia, mesmo no verão, se a pessoa vai ficar mais em lugares fechados essa sugestão de lavar bem e aplicar o filtro de maneira correta costuma ser suficiente para a maioria dos pacientes.

Mas se aparecer qualquer manchinha é bom falar imediatamente com seu médicos. Se isso ocorrer algumas estratégias podem ser empregadas:

1. Reduzir a concentração do ingrediente ativo no creme noturno,

2. Substituir o ingrediente fotossensível por um que não tenha esse problema. Por exemplo, o ácido retinóico pode ser substituído pelo ácido glicólico e a hidroquinona pelo ácido kójico. Essas alternativas são em geral menos eficientes mas por outro lado são mais seguros no verão. Assim é possível manter o tratamento (seja para acne, envelhecimento ou manchas) durante o período de sol mais intenso.

Outra recomendação é não usar esses ingredientes na noite da véspera da exposição ao sol intensa (na praia, por exemplo). Ou seja, se você é do tipo que quer tirar o atraso do Sol no final de semana, suspenda o uso dos cremes a base de hidroquinona e ácido retinóico nas noites de sexta e sábado, usando apenas de domingo à quinta-feira.

No verão a pele costuma ficar mais grossa devido ao suor, a umidade e a própria renovação celular. Então é super importante nessa época manter a esfoliação semanal, além de eliminar as células mortas e deixar a pele mais bonita ela facilita a penetração dos ingredientes ativos. Isso aumenta a eficiência do tratamento, mesmo em concentrações mais baixos ou com ingredientes menos ativos.

Outra dica importante é consumir bastante água no verão, para que a pele continue hidratada também de dentro para fora.

É importante lembrar também que não são apenas os cremes usados diretamente na pele que podem criar manchas na exposição ao sol. Vários antibióticos (como tetraciclinas) , antiinflamatórios, analgésicos (como a dipirona), anti-histamínicos e até diuréticos podem ser fotossensíveis e causar manchas ou reações alérgicas na pele e muitas vezes o filtro solar é quem leva a culpa! Portanto cuidado máximo ao se expor na pele após tomar qualquer tipo de remédio (já que é muito difícil conseguir saber qual é e qual não é fotossensível). Os anticoncepcionais também aumentam as manchas mas esse efeito advserso não é potencializado pela exposição ao sol.

Além dos cremes e dos remédios outros produtos também podem manchar a pele quando exposta ao sol. Entre eles os mais importantes são as frutas (especialmente as cítricas – cuidado com os sorvete!) e os perfumes. Então quando for a praia, aproveite o cheiro da maresia, ok?

Read Full Post »

Esse post foi inspirado no seguinte comentário da Flávia

Tenho um grande problema com protetores solares na área dos olhos, sempre fico com eles irritados, e já ouvi dizer que protetores solares não devem ser usados nesta área, pois podem provocar alergias, isso procede?

Vamos responder a pergunta da Flávia por partes até porque muita gente (eu incluída) sofre com o problema. Basta a gente caprichar no filtro solar, sair ao Sol, e no primeiro suorzinho entra filtro dentro do olho e fica parecendo ou que a gente tá muito triste, ou que acabou de cortar cebola, ou bem…vários outros diagnósticos diferenciais possíveis para olho vermelho. E aí amigos, como diz a música “quem não tem colírio usa óculos escuros”.

A pele do olho, assim como a da boca costuma ser mais seca, mais fina e mais sensível do que a pele do resto do rosto. Então mesmo que não escorra filtro dentro do olho, a região ao redor pode ficar irritada e vermelha. Mas isso não significa que não devemos proteger essa região contra a exposição ao sol, até porque ninguém quer ficar com pés de galinha, certo?

A solução caseira que eu encontrei para o problema em mim é aplicar na região em volta dos olhos (eu incluo a pálpebra também) o mesmo filtro solar que eu uso para os lábios (que também é uma região seca e sensível do rosto). Os filtro labiais  ainda tem a vantagem de serem espessos e não escorrerem, diminuindo a chance de irem parar dentro dos olhos e por serem em bastão é mais fácil a gente acertar bem onde vai passar e onde não vai. Você pode tentar isso em casa, mas claro que se arder ou ficar vermelho significa que a sua pele é muito sensível mesmo a esse tipo de filtro e nesse caso suspenda o uso, e ai, óculos escuros mesmo (que é sempre uma excelente idéia diga-se de passagem).

Antes eu costumava passar o filtro labial em volta dos olhos antes da maquiagem, mas ultimamente tenho testado por cima também, fazendo efeito do gloss nos olhos (super tendência do verão, conforme matéria da Vic Ceridono  no site da RG Vogue). Fica bacana porque deixa a pele menos melecada do que o gloss.

Sobre a última parte da pergunta da Flávia, a reação ao filtro solar que ocorre nos olhos não é uma alergia. A gente não pode ter alergia em só uma parte do corpo e não ter em outra. É uma iritação mesmo, por ser a região do olho uma pele mais sensível mesmo.

Read Full Post »

mista

Muita gente costuma classificar a pele entre oleosa, seca e mista; mas se vocês observarem a classificação dos 16 tipos de pele que usamos aqui no blog vai ver que não existe esse tipo “misto”. Isso porque na verdade todo mundo tem pele mista! A grande maioria das pessoas tem mais oleosidade na zona no T (testa, nariz e queixo), já que é nessa área a maior concentração de glândulas sebáceas.Mas existem algumas pessoas onde essa diferença entre a oleosidade na zona do T e o ressecamento no restante do rosto é mais marcante. Então vou escrever algumas dicas para lidar com esse tipo de pele, que na verdade não é um tipo, é uma condição que algumas pessoas têm com mais freqüência do que outras. A idéia é equilibrar a pele, diminuindo a oleosidade na zona do T sem aumentar o ressecamento principalmente em volta dos olhos e da boca.

mista

1. Lavem bem o seu rosto, sem esfregar muito com o sabonete líquido neutro.

2. Evite sabonetes em barra que podem obstruir os poros na parte oleosa da pele e ressecar demais a parte seca.

3. Se for usar um tônico, escolha um sem álcool.

4. Use o filtro solar diariamente e procure um que não contenha óleo na sua formulação. Dado que é complicado (e chato!) passar dois filtro solares um em cada parte do rosto, uma idéia é passar antes do filtro um fluido matificante ou um produto de controle de oleosidade (como os listados nesse post) apenas na zona T e passar o filtro para peles normais por cima.

5. Faça uma esfoliação semanal com produtos a base de ácido salicílico para renovar a pele, mas não esfregue muito e evite as área mais ressecadas.

6. Trate as áreas ressecadas com hidratantes que contenham antioxidantes e que mantenham a água na pele.

7. Quando usar máscaras para controlar a oleosidade, como as de argila, aplique apenas na região do T, evitando as outras áreas. O mesmo vale para produtos anti acne como os a base de ácido salicílico. Os produtos a base de ácido retinóico (prescritos por médicos) ou ácido glicólico podem ter duas formulações uma em gel ou serum para a parte oleosa da pele e outra em creme para a área mais seca. Se a diferença entre uma área e outra não for grande, as loções podem ser uma boa alternativa.

8. Na hora de maquiagem evite pó ou mineral nas áreas ressecadas, que podem marcar, mas por outro lado elas são ótimas para a parte oleosa da pele. Uma dica é usar um corretivo líquido em volta dos óleos, a base mineral em pó e finalizar um com blush mais cremoso nas bochechas.

9. Se a área dos olhos for muito seca vale a pena aplicar um hidratante noturno só nessa região. O mesmo vale para a boca, use e abuse dos hidratantes labiais.

10. Se for usar peróxido de benzoíla para tratar acne, concentre o produto apenas nas regiões oleosas não espalhando pelo rosto todo, até porque é nessas regiões que as espinhas de concentram, com isso você evita de ressecar mais as áreas secas.

mista

Read Full Post »

Antes de estudar medicina, eu trabalhei durante anos no mercado financeiro, na área de fundos de investimento. Eu me lembro que a gente tinha dois fundos: o Dynamic e o Dynamic Plus.Os dois fundos eram exatamente iguais, a única diferença era que no Dynamic Plus a taxa de administração era o dobro. Então o Plus, na verdade era só o preço já que a rentabilidade do fundo era menor…

Eu me lembrei disso quando fui pesquisar a composição de dois filtros solares desenvolvidos para pele oleosa (o tipo de pele da grande maioria das brasileiras, que acabam tendo pânico de filtro solar já que muitos deixam a pele com aspecto de pastel de feira e você acaba tendo que escolher entre espinhas ou queimaduras de Sol).

Bom, aí, como eu sempre faço nessa série do Blog, eu fui buscar os ingredientes de cada um dos dois produtos para anotar e comparar as vantagens e desvantagens de cada um (como fiz aqui na comparação dos shampoos para cabelos loiros e aqui para base para unhas fracas). Qual não foi a minha surpresa ao perceber que a composição dos dois produtos era exatamente igual.

Vou copiar para vocês:

RoC Minesol Actif FPS 30 Gel Creme

Water, Ethylhexyl Methoxycinnamate, C12-15 Alkyl Benzoate, Bis-Ethylexyloxyphenol Methoxyphenyl Triazine, Silica, Butylene Glycol, Glycine Soja (Soybean) Seed Extract, Aluminum Starch Octenylsuccinate, Potassium Cetyl Phosphate, Methylene Bis-Benzotryazolyl Tetramethylbutylphenol, Phenoxyethanol, VP Copolymer/Hexadecene, Titanium Dioxide/Alumina/Simethicone, Tetrahydroxypropyl Ethylenediamine, Cetyl Palmitate, Tribehenin, Stearyl Alcohol, Carbomer, Acrylates/C10-30 Alkyl Acrylate Crosspolymer, Tocopheryl Acetate, DMDM Hydantoin/Iodopropynyl Butylcarbamate, Disodium EDTA, Iodopropynyl Butylcarbamate.

Bloqueador Solar Facial Beauty FPS 32 Sundown

Água, Metoxicinamato de Etilexila, Benzoato de Alquila C12-15, Bis Etilexiloxifenol Metoxifenil Triazina, Silica, Butileno Glicol, Extrato da Semente Glicina Soja (Glycine Soja), Amido Octenilsuccinato de Alumínio, Metileno Bis-Benzotriazolil Tetrametilbutilfenol, Cetil Fosfato de Potássio, Fenoxietanol, Copolímero de VP/Hexadeceno, Dióxido de Titânio/Alumina/Simeticona, Tetraidroxipropil Etilenodiamina, Palmitato de Cetila, Triberrenina, Álcool Estearílico, Fragrância, Carbômero, Crospolímero de Acrilatos/Acrilato de Aquila C10-30, Acetato de Tocoferila, EDTA Dissódico, Butilcarbamato de Iodopropinila e Corante CI 61570.

Quer bricar de jogo dos sete erros? Só tem 5:

A língua em que foi escrito os ingredientes, o corante que está no Sundown, o FPS (um é 30 o outro é 32), o peso (o Minesol pesa 50g e o Sundown 45G) e, é lógico, o preço: enquanto o Actif custa R$ 62,40  o Sundown custa R$ 24,39. Galera, até a empresa é a mesma. Os dois são produzidos pela Johnson & Johnson e se bobear saem da mesma máquina…rsrsrs Deu pra sacar porque essa pesquisa lembrou os fundos de investimento do banco onde eu trabalhava? Essa estratégia de marketing de ter uma linha premium que só muda a embalagem e o preço é manjada pacas.

E o pior é dizer que esse post foi inspirado em uma conversa na comunidade do Dia de Beauté no Orkut em que uma dermatologista falou para a sua paciente que o produto da Sundown era uma porcaria.  Tá vendo como vale a pela ler os rótulos ou pelo menos ler o Bulle de Beauté! Alguém já testou os 2 na pele e quer vir comentar, eu farei isso no final de semana…

Read Full Post »

A Ciça uma das nossas leitoras-top do blog sugeriu há tempos atrás na comunidade do Bulle no Orkut (entra lá) um post sobre como maximizar o efeito dos cremes para o rosto. A dúvida dela era mais ou menos assim:

 

Qual é o tempo de ação dos cremes após aplicado na pele, ou seja, se eu aplicar um creme na pele às 7h da noite, e lavar o rosto 11h para aplicar outro, por exemplo, eu terei disperdiçado produto?

Os valores que eu vou apresentar aqui são uma média já que eles dependem muito da pele de cada pessoa: peles mais finas absorvem mais rapidamente do que peles mais resistentes e peles mais jovens metabolizam mais rápido do que peles mais idosas. Os fatores ambientais também têm influência já que de uma maneira geral quanto mais sol, luz e calor, menor a meia vida dos cremes porque, ao contrário das pílulas, eles ficam expostos ao ambiente antes de serem absorvidos.

calor e suor dimunem a meia vida dos cremes no rosto.

calor e suor dimunem a meia vida dos cremes no rosto.

Então em valores aproximados a meia vida dos principais ingredientes é a seguinte (entende-se por meia vida o tempo que leva para a concentração do produto cair para a metade, ou seja, o efeito total pode ser prolongado e, simplificando, fica próximo do dobro da meia vida).

Ácido Retinóico: 50 minutos
Ácido Glicólico: 30 minutos
Ácido Salicílico: 2-3 horas
Hidroquinona: 12 horas
Vitamina C: 4 dias
DMAE: 3 horas
Filtros solares químicos: 2 horas

Mas aí ela fez outra pergunta: Pode usar junto?

De uma maneira geral os ácidos podem ser usados de maneira combinada, mas é preciso atenção já que a combinação dos ácidos aumenta a sua potência, podendo irritar muito a pele. É possível também combinar hidroquinona tanto com ácido retinóico (fórmula do Tri-luma) quanto com ácido glicólico (forma do Glyquim xm). A vitamina C também pode entrar na formulação dos cremes noturnos ou pode ser usada pela manhã junto com os filtros solares.

O ácido salicílico tem o efeito de procovar uma esfoliação na pele, então ele deve ser usado antes dos outros uma vez que a esfoliação ajuda na penetração e atuação dos outros ingredientes. O peróxido de benzoila (usado no tratamento da acne, pode ser combinado com os ácidos, mas isso também aumenta o risco de vernelhidão e desmação excessiva da pele)

Banho morno e esfoliação leve ajudam na penetração e melhoram a efetividade dos cremes na pele.

Banho morno e esfoliação leve ajudam na penetração e melhoram a efetividade dos cremes na pele.

Algumas dicas são legais para maximizar o efeito dos nossos creminhos:
– Passe o creme depois de um banho morno (que ajuda a abrir os poros para receber os produtos).

– No banho faça uma esfoliação leve, com sabonetes líquidos a base de ácido salicílico (ajuda a limpar os poros e facilita a absorção).

– Uma leve massagem para passar os cremes ajuda na penetração além de ser um carinho para o seu rosto.

– Não deite antes de meia hora depois passar os cremes (se não o seu travesseiro é que vai ficar lisinho…).

– Depois de cerca de meia hora de ter passado um creme a pele pode absorver outro, mas fique atenta para não irritar demais a pele com vários ingredientes combinados. Na dúvida consulte um dermatologista.

– Fazer uma preparação da pele com ácido glicólico ou hidroquinona (dependendo do problema) antes de peeling químicos ajuda a melhorar os resultados do procedimento.

– Guarde os produtos em local, fresco, seco e de preferência longe da luz (a pia do banheiro definitivamente não é o melhor local).

– Os produtos a base de ácido retinóico e hidroquinona devem ser retirados pela manhã antes de aplicar o filtro solar, o residual que fica na pele deixa a pele foto-sensível e pode aumentar as manchas.

– Os filtros solares devem ser aplicados meia hora antes da exposição (para começarem a fazer efeito) e reaplicados a cada 2 horas. Existem hoje protetores que garantem uma proteção por 8, até 12 horas (mas não confie nela se estiver muito sol, se você transpirar muito e se entrar na água, tudo isso diminui o efeito). Claro que ninguém vai ficar reaplicando o filtro solar a cada 2 horas todos os dias, mas pelo menos na hora do almoço é legal reaplicar, ou no mínimo, completar a proteção com um pó compacto contendo FPS.

Read Full Post »

Older Posts »