Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘la roche-posay’

Retomando a série sobre as dicas de cuidado para cada um dos 16 tipos de pele (se ainda não sabe qual é o seu clica aqui!), hoje eu vou falar sobre a pele ORPT.

Esse é um tipo de pele que não é muito comum entre as leitoras do blog. Não que a pele ORPT seja um tipo raro, mas talvez as pessoas que tenham esse tipo de pele estejam satisfeitas com a aparência da pele e não procurem muito o tipo de informação que eu trago aqui no blog. Isso porque, de fato, a pele ORPT é uma das mais fáceis de cuidar. Quem tem esse tipo de pele pode ter um pouco de acne (especialmente na adolescência) e algumas manchas (em geral depois da gravidez) mas de maneira geral é uma pele boa que envelhece bem.

A Dra Leslie Baumann divide a avaliação da pele ORPT entre as pessoas de pele escura (que possuem manchas) e as de pele clara (que desenvolvem sardas, que não deixa de ser um tipo de mancha).

O lado negativo da pele ORPT é que elas têm mais chances de desenvolver câncer de pele do que as pessoas com a pele ORPW (com tendência à rugas). Não se sabe bem porque mas estudos mostram que as pessoas que desenvolvem câncer de pele tipo não-melanoma tendem a ter menos rugas que a pele que não apresenta câncer.  Assim, se você tem a pele ORPT, aproveite a sua pele boa e radiante mas não deixe de tomar os cuidados necessários para mantê-la assim!

Os produtos recomendados para a pele ORPT têm como objetivos: Prevenir e tratar as manchas escuras e tratar a oleosidade. As dicas que eu vou passar aqui, como sempre, são de produtos sem prescrição médica, que são indicados para prevenir os problemas e tratar aqueles mais amenos. Quem tem a pele resistente, de uma maneira geral, precisa de produtos mais fortes (isto é, medicamentos vendidos com prescrição médica) já que a resistência se por um lado evita que a pele fique vermelha, irritada e sensível, por outro impede que produtos com baixa concentração façam efeito. Então se você tem a pele ORPT e problemas que efetivamente incomodam, consulte um médico que irá prescrever produtos em uma concentração que seja eficaz para tratar peles resistentes.

A rotina da Suzi, a primeira que no post de lição de casa afirmou ter esse tipo de pele é a seguinte:

De manhã lavo com sabonete em gel clean & clear. Em manhãs alternadas uso a clarifying lotion 4 da clinique. depois uso o gel hidratante para pele oleosa, também da clinique (produtos do sistema 3 passos da marca).

Quando sei que vou ficar muito exposta ao sol, uso o protetor solar facial red apple (fps 25) para pele oleosa, que é muito consistente. Se não, uso make com proteção solar (base compacta da avon, fator 15) para amenizar as imperfeições. Mas na maioria das vezes não uso nada.

A noite, lavo com o mesmo sabonete, passo a clarifying lotion novamente e, dependendo do estado da pele, aplico o mesmo hidratante ou uso peróxido de benzoíla 5%.

Duas ou três vezes por semana uso esfoliante (da clean & clear ou de açucar mascavo da avon) e uma vez por semana máscara de argila rosa para peles oleosas (da tracta). Quando sobra dinheiro, uso água termal da la roche.

A rotina indicada para a pele ORPT seria a seguinte:

De manhã:

orpt-dia

1. Lavar a pele com um sabonete para a pele oleosa. Em geral eu não gosto de indicar sabonetes em barra, mas quem tem a pele resistente e firme, pode usar esse tipo de produto por ser mais barato, já que essa pele é mais resistente então não sofre com os ingredientes que são usados para fazer as barras. 

Deep clean gel de limpeza profunda Neutrogena R$ 18,50

Effaclar sabonete La Roche Posay R$ 20,60

Normaderm sabonete Vichy R$ 21,30

Sabonete esfoliante anti-cravos Clean & Clear R$ 5,50

Sabonete líquido facial regular Clean & Clear R$ 13,20

Clearskin gel de limpeza antibacteriano Avon R$ 11,00

2. Aplicar um produto com ácido glicólico.

Normaderm gel hidratante anti-imperfeições Vichy R$ 65,60

Clearskin loção hidratante anti-acne R$ 12,00

3. Aplicar um filtro solar! Não é opcional, quem tem a pele ORPT, especialmente os fototipos mais escuros, acaba “esquecendo” essa etapa, mais ainda quem tem a pele oleosa e acredita que o filtro solar aumenta o problema. Não pode! O filtro solar é o melhor produto para prevenir as manchas e o câncer de pele.

Minesol Actif gel creme FPS 30 R$ 59,29

Sundown Beauty para pele olesoas R$ 24,61

Anthelios Hélioblock Fluide Extrême FPS30 – La Roche-Posay R$ 54,70

4. Aplicar um pó com FPS para absorção de oleosidade (esse é opcional, mas é importante dizer que a maquiagem com FPS NÃO substitui o filtro, já que a maquiagem a gente passa uma camada mais fina. Assim ela é complemento e não substituto).

Dermage block compac FPS 25 R$ 99,90

De Noite:

orpt-noite

 

1. Lavar com o mesmo sabonete da manhã

2. Aplicar um clareador nas manchas

Klassis R$ 95,70
Melanesse H R$ 175,25
CLARITÉ LOÇÃO CLAREADORA DERMAGE R$ 49,90
Clariderm 2% Gel 30g R$ 37,03
Tri luma creme 30 g (sob prescrição médica) R$ 118,52
Glyquim XM (sob prescrição médica) R$ 42,13
Vitacid Plus (sob prescrição médica) R$ 51,54

3. Aplicar um produto contendo retinol (eles aumentam a renovação celular e previnem manchas escuras, assim são interessantes mesmo que você não tenha rugas).

Retinol Vitamina A+C+E Triple Action – RoC R$ 97,90

Healthy Skin Anti-Rugas Noturno – Neutrogena  R$ 44,70

4. Para quem tem linhas finas ao redor dos olhos é interessante aplicar um hidratante com ingredientes antioxidantes nessa região.

Active C Yeux La Roche Possay R$ 110,70
Improve dermage R$ 72,00
Liftactiv Pro Yeux R$ 110,14

Quem tem a pele resistente se beneficia da esfoliação e dos peelings caseiros. Aqui nesse post tem uma dicas de peelings que podem ser feitos em casa e que embora sejam mais fracos que os aplicados em consultório podem trazer alguns benefícios especialmente para quem tem a pele ORPT já que eles ajudam a penetração dos outros produtos que estão sendo usados. A esfoliação na pele resistente pode ser feita com uma periodicidade maior do que em quem tem pele sensível, ou seja, pode chegar a duas ou três vezes por semana.

Quer ver as rotinas sugeridas para os outros tipos de pele? Só entra na página de Rotinas de Cuidados.

Read Full Post »

Regiane além de ser sortuda e ter uma pele fácil, está sozinha entre as pessoas que responderam a lição de casa. Aliás, não tem NENHUMA resposta de pele seca por aqui??!! Então brasileiras de pele oleosa, vamos dar as mãos no combate ao famoso “aspecto pastel de feira”.

A rotina da Regiane é a seguinte: Eu uso antes de dormir ácido retinóico 0,1% manipulado – creme, lavo o rosto duas vezes por dia com sabonete Effaclar e passo filtro solar, oil-free, fps 40, pela manhã. Tenho os poros bem abertos e várias cicatrizes de acne. Minha pele fica bem sensibilizada pelo ácido e várias vezes descama no queixo. Tenho vários cravos, que deixam crateras no meu rosto. Comecei a usar um creme hidratante para área dos olhos, da Clinique, quando fiz 25.

Sobre a pele a Regiane: O principal problema da pele dela é o excesso de oleosidade que resultou em acne. Apesar da pele ORNT ser considerada uma pele fácil, nem sempre isso se traduz em uma pele de estrelas de cinema. Isso ocorre porque um único problema, no caso a oleosidade excessiva, pode acarretar várias dificuldades na pele, inclusive cicatrizes, como é o caso da Regiane. Os problemas na Regiane, além das cicatrizes são os comuns do seu tipo de pele: Poros grandes, cravos pretos, glândulas sebáceas aumentadas, crises de acne.

A rotina de cuidados para esse tipo de pele proposta pela Dra. Leslie Baumann no livro A Pele Saudável é a seguinte:

Manhã: Lavar com sabonete, aplicar um produto de controle de oleosidade, aplicar base oil free com controle de oleosidade (opcional) aplicar pó com FPS.
Noite: Lavar com sabonete, usar um abrasivo esfoliante (opcional), aplicar um produto com retinol.

O que a Regiane pode tentar fazer para melhorar o aspecto da sua pele:

De manhã: Inserir um produto de controle de oleosidade. O Effaclar K é bem interessante nesse sentido, porque complementa o sabonete que ela já usa diminuindo um pouco mais o aspecto oleoso na pele e também deixa os porros abertos menos aparentes. Eu também recomendaria para a Regiane trocar o filtro solar (não sei qual a marca ela usa, mas em geral os filtros FPS 40, mesmo os oil free, costumam deixar a pele oleosa) para um específico para pele oleosa como o Sundown Beauty ou o Minesol Actif da RoC. Outra opção é usar uma base Oil Free com FPS como a da dermage. Esse produto une maquiagem e filtro solar e pode ajudar a esconder as cicatrizes de acne da Regiane e ao mesmo tempo proteger do sol.

Sabonete Effaclar + Effaclar K (para controle de oleosidade e reduzir os poros) + Base Oil Free com FPS 25 (para proteger do sol e disfarçar as cicatrizes de acne)

De manhã: Sabonete Effaclar + Effaclar K (para controle de oleosidade e reduzir os poros) + Base Oil Free com FPS 25 (para proteger do sol e disfarçar as cicatrizes de acne)

De noite: seria interessante incluir uma esfoliação na rotina da Regiane, contendo ácido salicílico para limpar os poros e diminuir o número de pontos pretos. Por isso proponho a máscara Rapid Clear e o sabonete Acne Wash ambos na Neutrogena (que não são super caros e funcionam bem para esse tipo de pele). O sabonete a Regiane pode usar todos os dias e a máscara umas duas ou três vezes por semana. Em relação ao creme para os olhos, é possível que nessa idade ainda mais com o tipo de pele da Regiane ainda não seja necessário. Mas se for usar eu sugiro o Active C da La Roche Posay que tem vitamina C um ativo anti-oxidante com eficácia comprovada.

Limpeza e esfoliação com ácido salicilico + creme para os olhos com vitamina C (além do retinóide prescrito pela médica)

De noite: Limpeza e esfoliação com ácido salicílico + creme para os olhos com vitamina C (além do retinóide prescrito pela médica)

O ácido retinóico que a Regiane está usando, além de controlar a oleosidade pode diminuir as cicatrizes da acne. Mas se o problema for sério talvez só isso não seja suficiente. Em breve, seguindo a sugestão de alguma leitora que eu não lembro o nome, sorry, farei um post sobre cuidados pós-roacutan, e lá abordarei as opções de tratamento para cicatrizes de acne.

Se alguém tiver o mesmo tipo de pele, e puder dar dicas, é sempre bom né!

Read Full Post »

Uma pele lisa e macia, firme, corada e com os poros invisíveis as olho nu. Não é esse o nosso sonho quando olhamos no espelho?

Mesmo os espelhos que não são mágicos podem ser cruéis!

Mesmo os espelhos que não são mágicos podem ser cruéis!

Mas a realidade é que o nosso espelho não é mágico como o da madrasta da Branca de Neve, mas ele também não mente. Os poros estão ali, perfeitamente visíveis, e parecem que com o tempo estão ficando cada vez maiores, não é mesmo? Pois é: poros dilatados estão no topo da lista das reclamações femininas em relação à pele, principalmente daquelas que tem pele oleosa, ou seja, a grande maioria das brasileiras.

Mas porque a natureza colocou os poros maiores bem no rosto? Não seria melhor se eles estivessem em algum lugar onde a gente não pudesse vê-los com tanta freqüência, afinal como diz o ditado o que os olhos não vêem o coração não sente? Provavelmente a natureza não imaginava que as pessoas iriam considerar os poros dilatados como um problema e, portanto, os colocou no rosto por algum bom motivo.

Os poros são pequenas (ok, comparativamente pequenas) passagens para o óleo que é produzido pelas glândulas sebáceas até atingirem a superfície da pele. Existem aproximadamente 300.000 glândulas desse tipo na pele humana. A maior concentração fica no rosto, no pescoço e nas costas. Essas glândulas produzem cerca de 30 ml de óleo por dia!

Muita disciplina para transformar a pele de morango em pele de pêssego!

Muita disciplina para transformar a pele de morango em pele de pêssego!

O óleo forma uma barreira protetora na pele que previne a perda de umidade e ajuda a manter a pele macia e resistente aos danos causados pelo meio ambiente. Considerando o fato de que a pele do rosto é mais fina que no resto do corpo e que ela está constantemente exposta ao Sol, ao vento, ao frio e ao calor, ela precisa muito dessa proteção extra.

O desafio é manter um bom equilíbrio entre a atividade das glândulas sebáceas e as necessidades reais da sua pele. Os problemas começam quando os poros têm que dar passagem para uma quantidade muito grande de óleo. Os poros aumentam devido a pressão do excesso de fluxo de óleo e então tornam-se visíveis. Uma vez que eles aumentam, os poros não voltam a diminuir (ok, encosta sua cabecinha no meu ombro e chora…). Não existem músculos em volta dos poros para contrair essa abertura.

Mais em mais poros podem ficar visíveis com a idade. Isso ocorre porque com o tempo a pele perda elasticidade. Então conforme a pele vai ficando flácida os poros se tornam mais óbvios (tá, eu vou me suicidar ali e já volto).

Dentro desse cenário tão cinzento quanto essa segunda-feira em São Paulo, o que a gente pode fazer para minimizar o problema?

Primeiro você tem que pensar que manter os poros fechados é uma espécie de maquiagem, ou seja, algo que você vai ter que fazer sempre que queira conseguir esse efeito. É como usar curvex para deixar os cílios para cima ou fazer escova para alisar os cabelos. Não existe um tratamento para fechar os poros definitivamente.

Manter os poros limpos é a primeira coisa que você deve fazer para deixar eles menos perceptíveis e prevenir que aumentem. Quando o óleo produzido se mistura com a sujeira e com as células mortas da pele eles ficam obstruídos e aí aumentam para dar passagem ao óleo que continua sendo produzida pelas glândulas sebáceas lá embaixo. Então tudo que eu falei que pode ser feito para prevenir e minimizar os famosos cravos também serve para minimizar os poros. Volta para se lembrar.

Depois de limpar, o uso de produtos adstrigentes podem fechar temporariamente os poros. Mas cuidado para não usar produtos com muito álcool na sua composição ou que deixem a pele muito ressecada porque nesse caso haverá um efeito rebote de mais produção de óleo. O mesmo vale para evitar água muito quente no rosto: a água pelante resseca a pele, dilata os poros e ainda estimula a produção de óleo pelas glândulas sebáceas. Então lembre-se: água fria ou no máximo morna para lavar o rosto! Se você tem a pele sensíveis mais cuidado ainda no uso de loções adstrigentes já que muitos contém substâncias que irritam a pele.
Além dos adstrigentes, existem alguns bons produtos no mercado que ajudam a manter os poros fechados por algum tempo, melhorando o aspecto da sua pele.
Clinique Pore Minimizer Instant Perfector R$ 72,90

Clinique Pore Minimizer T-Zone Shine Control R$ 69,90

Lancome Pure Focus Lotion Purifiante Matifiante Resserre les Pores R$ 133,90

La Roche Posay Effaclar K R$ 65,80

La Roche Posay Effaclar M – La Roche-Posay R$ 62,90

Normaderm Noite – Vichy R$ 67,10

Normalize Ada Tina FPS 60 R$ 71,99

Alguns produtinhos que ajudam a controlar a oleosidade e mininizar o aspectos dos poros dilatados.

Alguns produtinhos que ajudam a controlar a oleosidade e mininizar o aspectos dos poros dilatados.

Leia mais sobre:
Maquiagem para pele com acne
Cremes e loções para acne
Como combater os cravos no rosto

Read Full Post »

Que elas são chiquérrimas ninguém discorda! Afinal, carregar dentro da bolsa um spray contendo alguns mililitros de água vindos dos mais belos lugares da Europa confere um ar de nobreza a mais comum das plebéias. A primeira vez que eu vi uma garrafinha delas na farmácia eu não resisti e comprei, mesmo sem saber para que serviam! Foi como um impulso: preciso ter isso!  Mas além do glamour, será que os sprays com água termal trazem algum benefício para quem usa?

beleza e glamour em spray.

Água termal: beleza e glamour em spray.

É considerada água termal um tipo particular de água subterrânea, enriquecida pelos minerais contidos nas rochas e que emergem à superfície sob a forma de fontes com temperaturas que podem variar de 35ºC a 54ºC. As águas termais começam como gotas de chuva absorvidas pelo solo. Depois disso, elas passam décadas embaixo da terra, incorporando minerais na sua composição. Assim, quando volta à superfície ela está recheada de elementos como magnésio, cálcio, ferro e zinco. Como a água não recebe luz, nem entra em contato com o solo nesse seu trajeto, ela é livre de bactérias e outros micro-organismos.

Para garantir essa pureza as empresas responsáveis pela administração das fontes investem bastante na tecnologia de extração da água, que é imediatamente envasada após a coleta na fonte. Aliás, esse é o principal diferencial das águas termais francesas, já que a matéria prima existe em toda a parte do mundo. Aqui no Brasil as águas termais mais conhecidas são as de Caldas Novas, em Goiás.

Os poderes da água termal foram descobertos, casualmente, em 1736. Um cavalo com lesões graves no corpo foi solto na região de Àvene, na França, e encontrado algum tempo depois totalmente curado. Feita a investigação, descobriu-se que ele havia se banhado em um lago próximo da cidade. Após dez anos, estava pronta a estação de Água Termal de Avène. No começo do século XIX, Napoleão durante seu retorno do Egito, construiu um hospital em La Roche-Posay para tratar a pele dos seus soldados. Em 1871, grandes quantidades do líquido foram enviadas a Chicago, nos Estados Unidos, para auxiliar no tratamento das queimaduras mais graves das vítimas de um grande incêndio que ocorreu na cidade americana, naquele ano.

As águas termais passaram então a ser muito utilizadas na Europa, em geral na forma de banhos nos locais onde elas emergem, um tratamento chamado de terapia balneária e que já foi indicado para tratar as mais diversas doenças. Em relação à pele, acredita-se que as águas termais beneficiam desde quem teve queimaduras de Sol até quem tem problemas mais sérios como eczemas, psoríase e rosácea, já que unem uma função cicatrizante à hidratação. Acredita-se também que o uso constante de água termal ajude a manter a elasticidade, flexibilidade e maciez da pele, tendo, portanto ação rejuvenescedora.

Café da manha 5 estrelas para a pele.

Café da manha 5 estrelas para a pele.

Ao repor à pele os minerais que poderiam estar insuficientes, as águas termais não só nutrem e hidratam a pele como ajudam a manter a barreira e sua a função protetora, contra agentes agressores como a poluição. São ótimas então para quem mora nas grandes cidades com São Paulo, especialmente no inverno quando os níveis de umidade do ar caem e os de poluição sobem.

Assim como os vinhos franceses que são muito diferentes entre si dependendo da região onde as uvas foram plantadas, as águas termais também não são todas iguais. A linha da La Roche-Posay, por exemplo, é muito rica em selênio que é considerado um agente anti-inflamatório e antioxidante (combate o envelhecimento), já as fontes da Vichy são ricas em bicarbonato que ajuda a deixar a pele mais macia enquanto a águas termais da Avéne são consideradas as que tem a composição mineral mais balanceada conferindo uma excelente hidratação à pele (ideal para quem vive em clima seco ou passa muito tempo no ar condicionado).

Para a composição de alguns produtos, como gel e creme hidradante, por exemplo, farmácias de manipulação contam com o similar do Physiogenyl, complexo oligomineral composto por sódio, magnésio, zinco e manganês desenvolvido em Campinas e comercializado em todo o País. Não tem o mesmo charme das águas termais originais européias, mas o efeito na pele é semelhante.

O custo dos benefícios e do glamour das águas termais não é, obviamente, semelhante aos da água filtrada, parecem mais com os de bons vinhos franceses. Por 150 ml de água termal, aspirantes a princesas gastam R$ 51,91 (Avéne), R$ 45,78 (La Roche-Posay), R$ 45,09 (Uriage), R$ 45,90 (Vichy). Os preços são da Onofre, consultados dia 11 de agosto.

Pode-se usar a água termal logo de manhã, para “acordar a pele” e ajudar na fixação da maquiagem. Durante o dia o produto pode ser usado sempre que a pessoa sentir a pele ressecada. Na praia também é uma boa alternativa usar o spray antes das reaplicações de filtro solar. E, claro, sempre que a pessoa quiser fazer um charme 😉

Nobreza em spray para levar dentro da bolsa.

Nobreza em spray para levar dentro da bolsa.

Mais sobre água e beleza aqui no blog em Água de beber, camará!

Read Full Post »