Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Rosto’ Category

Aconteceu no início do mês passado o Congresso da Academia Americana de Dermatologia e entre várias novidades apresentadas uma das que mais chamaram atenção foram as novas alternativas para tratamento do melasma (demorei para escrever sobre o assunto porque fui atrás dos produtos para vocês, como não pude ir no Congresso não queria só dar um copy-paste no texto da SBD como muitos blogs fizeram por ai…)

As manchas escuras na pele são uma das queixas estéticas mais comuns. Algumas pessoas acreditam até que uma pele manchada dá mais aparência de envelhecimento do que uma pele enrugada. E se para rugas existem uma série de tratamentos eficientes e rápidos, para manchas as alternativas são bem menores. Os tratamentos em geral são super demorados, tem que ter muita disciplina e o resultado nem sempre é aquele esperado.

Segundo o site da SBD (sociedade brasileira de dermatologia) foram apresentados 2 novos tratamentos para Melasma. No primeiro, “a promessa está numa enzima chamada lignina peroxidase. A proposta é um produto em forma de creme que age quebrando a melanina (responsável pela pigmentação da pele) sem causar toxicidade. O produto pode ser usado duas vezes ao dia, inclusive em grávidas, sem causar irritação ou efeitos colaterais como os do acido retinóico e hidroquinona. A promessa é uma pele mais clara e com aparência mais homogênea após um mês de uso diário”.

Fui atrás dessa novidade para saber da sua disponibilidade no Brasil. Aqui, como no resto do mundo, o produto só estará disponível por enquanto nos consultórios de dermatologistas e nas clínicas de estética (não sei como é que as pessoas vão conseguir passar duas vezes ao dia dessa maneira…). O nome comercial é Ellure. O princípio ativo, que foi patenteado com o nome de Melanozyme, é derivado de cogumelos e mostrou boa tolerância na pele humana com baixo percentual de irritação. Ele atua de uma maneira diferente dos clareadores tradicionais porque efetivamente destrói a melanina da pele, enquanto os outros diminuem a sua produção. É por isso que os resultados são mais rápidos. Claro que se a pessoa deixar de usar o produto e tomar Sol a melanina continua a ser produzida e as manchas retornam em cerca de 3 semanas. Nesse site tem uma explicação bem boa (em inglês) com uma entrevista com um dos desenvolvedores da novidade . O produto foi aprovado pelo FDA.

A segunda novidade, segundo o site da SBD “é um sistema de clareamento com 3 produtos: um limpador, um produto contendo a decapeptídeo e um creme à base acido glicólico para facilitar a penetração. O decapeptídeo atua inibindo a tirosinase, enzima responsável pela produção de melanina. Nas pesquisas realizadas “in vitro” o decapeptídeo mostrou-se 17 vezes mais potente que a hidroquinona, sendo mais seguro também.” Esse produto atende pelo nome comercial de Lumixyl , foi desenvolvido na Universidade de Stanford, também foi aprovado pelo FDA e ainda não está disponível no Brasil. Os estudos compararam o produto com a hidroquinona a 2% (o que não é lá muito justo porque a hidroquinona normalmente é formulada a 4%) e demonstraram melhores resultados com menos efeitos colaterais, essa melhora não foi quantificada e eles alegam que estão ainda fazendos testes confirmatórios.  Os testes in vitro, segundo o site do próprio Lumixyl disseram que o produto foi 5.5 vezes (e não 17 vezes mais potente que a hidroquinona…) mas testes in vitro não necessariamente se confirmam in vivo, ou seja, na nossa pele.

Os resultados podem ser vistos a partir de 2 meses de tratamento, também duas vezes ao dia. O dermocosmético pode ser comprado nos EUA e não é necessário prescrição médica, já que não é considerado um medicamento. O preço é salgado. O kit completo (com 4 produtos: o clareador, o filtro solar, o sabonete e o peeling de ácido glicólico sai por US$ 273, se quiser só o clareador fica em US$ 120,00)

Resumindo: são novidades promissoras, mas ainda pouco disponíveis e muito caras. Mas como a queixa é grande no mundo todo, tem muita gente pesquisando e tentando descobrir o produto ideal que seja “o botox das manchas”afinal todo mundo quer ganhar dimdim, não é mesmo?

Mais aqui no Bulle

O que existe para clarear a pele?

Ácido Kójico:para ficar com pele de gueixa!

Hidroquinona é capaz revelar a sua beleza?

Belas mamães (como tratar os prejuízos estéticos da gravidez): parte 2 – Melasma

 

 

 

Read Full Post »

Muita gente já leu essa dica na blogosfera que de nova não tem nada. Mas uma leitora esperta e cuidadosa (que me desculpem, não lembro o nome…sou péssima nisso, nunca poderei ser política rsrs) me perguntou se realmente o produto não fazia mal para a pele do rosto, uma vez que ele não foi desenvolvido para essa finalidade.

E a resposta é sim! Podem usar o Shampoo Jonhson’s para bebês, aquele amarelinho, sem medo para tirar a maquiagem do rosto. Eu mesma uso sempre. A fórmula é super leve, não tem alcool nem sabão e o pH é neutro, ou seja, é bem tranquilo de usar mesmo. O principal componente do Shampoo é o Cocoamidopropil Betaína que forma espuma, hidrata e regula a oleosidade.

É claro gente, que quem tem a pele mais sensível ou tem muita alergia tem que is com calma. Qualquer produto,por mais leve que seja pode irritar a pele. Mas se comparado com os demaquilantes específicos para essa função o Shampoo Johnson é até mais leve.

Outra dica para um produto com 1001 utilidades é usá-lo para limpar os pincéis de maquiagem. É só deixar de molho no shampoo com água morna que eles ficam limpinhos e evitam que você leve colônias de bactérias para sua pele enquanto se maquia!

Mais aqui no bulle:

Pele de bebê com produtos infantis?

Silicone no rosto pode ser primer?

Como tratar delicadamente as peles ultra-sensíveis?

 

 

 

 

Read Full Post »

Olá leitores,

Em outro post alguma leitora (desculpa gente mas eu nunca lembro os nomes) disse queo que mais gostava no blog eram as dicas práticas e que davam resultado no cuidado com a pele.

Então eu resolvi fazer um post com duas dicas super fáceis, eu já falei delas no twitter (segue lá @bulledebeaute) mas nem todo mundo leu né!?

Dica 1. Soro fisiológico substituindo água termal

Não é a mesma coisa tá gente, a água termal possui vários minerais que podem ajudar a acalmar e desinflamar a pele, mas a função principal que é hidratar e dar aquela “acordada” na pele pode muito bem ser feita pelo soro fisiológico (muuuito mais barato). O soro tem a mesma osmolaridade dos líquidos corporais e por isso que ele é melhor absorvido, ajudando a hidratar a pele. O melhor jeito de usar é colocar o soro em uma garrafinha com spray na ponta e deixar na geladeira. O legal é usar de manhã, depois da limpeza e antes do filtro solar.

Dica 2. Chá de camomila gelado

Pode preparar o chá (de saquinho mesmo), sem açúcar (óbvio…), bem concentrado (tipo 4-5 saquinhos para duas xícaras de água). Depois deixe esfriar e coloque na porta da geladeira em um frasco com spray na ponta. O chá de camomila pode ser usado de duas maneira: para acalmar a pele, diminuindo a vermelhidão e o inchação e nos cabelos, antes da praia para dar aquela leve clareada nas pontas.

Viram? Simples, fácil e barato!

Mais no blog

Eau Termale, Bien Sûr!

Dicas para ficar bonita sem ficar pobre!

Prepare-se para o verão parte VIII- Arrume a sua sacola de praia

Read Full Post »

Gente em primeiro lugar gostaria de agradecer (muito!!) todo mundo que respondeu a pesquisa no post anterior. A pesquisa serve tanto para que eu possa conhecer melhor os leitores e saber mais o que vocês querem por aqui, mas também para buscar empresas que possam se interessar em patrocinar o blog (e como vocês sabem patrocínio=dimdim=mais chance de poder comprar e experimentar coisas novas e contar para vocês).

Quem é leitor do blog já sabe que a minha pele é daquelas beem oleosas (como a maioria das brasileiras),  então a minha rotina de cuidados pode servir de inspiração para quem também tem a pele e o cabelo assim.

Eu já fiz um post semelhante há bastante tempo, aí uma leitora do twitter pediu para que eu atualizasse com as novidades e de fato, mudei bastante coisa desde o post antigo, então vamos lá:

Manhã:

1. Lavagem: Dermovitin Foam da Galderma. É caro para um sabonete, mas deixa a pele sequinha e dura horrores. Sem falar que o sistema de espuma diminui a quantidade de sabão na pele, evitando irritação provocada pelos resíduos de sabão na pele.

2. Filtro solar: Episol Sec FPS 30 ou Sundown Facial Diário FPS 30. Como já falei várias vezes aqui no blog, filtro tem que caprichar pra passar, usar todos os dias e encher a mão. Não dá para economizar. Então para não ir a falência uso esses dois que tem preço razoável e não deixam a minha pele melecada.  Nos braços e mãos eu tenho usado o episol sec FPS 45, que não é tão sec…rsrs aliás é meio melecoso, mas fora do rosto não vejo muito problema.

De produto é só. Se a pele está mais ressecada ou agredida eu tenho usado por cima o Hydrating B5 da Skinceuticals (que é caro, mas dura bastante porque duas gotinhas bastam). Mas via de regra eu uso só uma gotinha pequenina nos lábios.

Meio do dia:

Se fiquei exposta ao ar livre, repito a rotina da manhã. Se não uso o pó compacto com FPS 25 da dermage, na hora de dar aquela retocada na maquiagem.

Á noite

1. Lavagem do rosto com o mesmo sabonete-espuma da manhã

2. Tenho alternado à noite com o Azelan (ácido azeláico creme a 20%) , que ajuda a evitar a acne e diminui o vermelho da pele (mas é medicamento então não use sem consultar um médico antes!)  com uma descoberta nova o CE Ferulic da Skinceuticals. Esse é o primeiro produto anti-idade que eu consigo me adaptar, porque é em forma de serum e não deixa a pele oleosa. Contém 3 ativos anti-oxidantes: ácido ascórbico, alfa tocoferol e ácido ferúlico (que juntos são mais potentes do que sozinhos). Tenho gostado bastante e acho que não vivo mais sem. Também é meio caro, mas como uso em conta gotas em dias alternados dura bastante também.

Para os cabelos

Mudei totalmente a minha rotina e deixei de usar condicionador depois desse post aqui no dia de beauté. Tenho outro cabelo agora, mais volumoso, brilhante e não mais aquele lambido escorrido oleoso!!! rsrs Recomendo para quem tem cabelo liso e oleoso e não curte.

Cuidados extras

Tenho feito o tratamento com luz vermelha uma vez por semana (detalhes nesse post aqui!) . Não sei ainda o efeito a longo prazo (que é sempre complicado de medir quando se usar várias coisas), mas na hora dá um efeito Cinderela muito legal e é bom antes dos dias importantes 😉

Também tenho usado a máscara de vitamina c uma vez por semana, em geral na segunda-feira, para começar a semana bem!

É isso! Mudou meio que tudo né…mas a vida é assim mesmo, a gente vai aprendendo, a indústria trazendo coisas novas, a pele “amadurecendo”…

E vocês, vamos compartilhar dicas de rotinas de cuidados também?

 

Read Full Post »

Vamos dar uma pausa no papo sobre ingredientes antioxidantes, e vamos falar hoje um pouco do processo de envelhecimento da pele. É super importante entender como a pele envelhece para conseguirmos evitar, ou pelo menos postergar esse envelhecimento e também tratá-lo de maneira correta.

Como tudo no nosso corpo, dá um pouco de aflição pensar assim mas é a realidade, a pele envelhece a cada minuto. Mas o lado positivo é que ela está sempre se renovando. A célula que está nascendo hoje, daqui há c erca de um mês estará descolando. Existem, porém, uma série de fator que podem acelerar esse processo, fazendo com que a nossa pele, e consequentemente a nossa aparência fique mais velha.

Existem dois processos básicos de envelhecimento da pele, o intrínseco e os extrínseco.

O íntrinseco é o que ocorre com a idade e não tem muito como impedir. Simplificando a conversa, a nossa genética contém a informação sobre como e quando a nossa pele vai ficar mais fina, mais seca, mais flácida…ah chega! Apesar da propaganda da indústria cosmética sobre cremes que ativam o DNA e cosméticos que atuam nos genes, a dura realidade é que não tem muito o que a gente possa fazer contra o envelhecimento intrínseco, a não ser uma cirurgia plástica.

Já o envelhecimento extrínseco não depende da sorte de ter nascido com uma genética favorável. Ele depende do seu estilo de vida. Vários pecados que a gente comete ao longo da vida podem ir acelerando esse envelhecimento extrínseco e é aí que devemos apostar as nossas fichas para desacelerar o relógio.

Entre os fatores extrínsecos mais importantes está a exposição a raios ultravioletas (que a gente fala sempre sempre aqui no blog, no twitter e na vida), sua rotina de cuidados com a pele, níveis de stress e felicidade (fatores muito importantes esses), alimentação, hormônios, tabagismo e outras doenças e atividade física.

Então o que a gente pode fazer para desacelerar esse processo?

Serei chata, mas não tem como. O passo mais importante é evitar o sol. Filtro solar, óculos, roupas, chapéus, sombrinhas, quanto maior o arsenal, maior a proteção.

Cuide da sua pele. Se você tem acne, rosácea, ou qualquer tipo de dermatite, procure um médico para cuidar. É a maior bobagem quem fala que a pessoa que tem acne, por ter a pele oleosa vai envelhecer mais devagar. Pelo contrário, a inflamação da pele acelera o processo de envelhecimento. Manter a pele sempre bem cuidada, sem lesões, bem hidratada é fundamental.

Cigarro e poluição também envelhecem. Isso porque eles contém os famosos radicais livres, que “enferrujam” a pele.

O desbalanço hormonal também é um fator de envelhecimento. Hormônios desregulados podem causar acne de um lado ou melasma de outro, dependendo pra que lado a balança estiver caindo. Um bom médico também saberá como detectar e corrigir esses problemas.

A alimentação também é algo muito importante. A maioria das deficiências de vitamina aparecem na pele, que fica mais seca, descamativa, frágil e consequentemente, velha. Por outro lado alguns alimentos como peixes, frutas, verduras, etc contém ativos antioxidantes que desaceleram o processo de envelhecimento. Aposte neles!

E por fim se cuide de uma maneira geral. Cada infecção tipo resfriado mesmo, dá uma acelerada no processo pelo stress que trás ao corpo. Ficar sem dormir idem. E o mais importante de tudo cuide da sua cabeça, arrume um hobby, evite situações desagradáveis. Já está provado que a felicidade deixa a pele mais bonita.

Bom final de semana para todos

Renata

Quem quiser se aprofundar no assunto (final de semana chuvoso a vista) tem um artigo de revisão bem bom e recente (de 2009) em português, explicando como é que ocorre o fotoenvelhecimento da pele e como prevenir.

Read Full Post »

Conforme o prometido seguimos essa semana com uma série de posts sobre os ingredientes antioxidantes mais utilizados  nos nossos creminhos. Vamos falar hoje do ALA, ácido alfalipóico.

O ALA é um ingrediente que tem duas funções principais: ele atua como anti-inflamatório e também promove uma descamação leve da pele, fazendo uma esfoliação que funciona como um peeling superficial. Ele é um componente que existe no nosso corpo e que é utilizado nos processos de produção de energia, quando oferecido adicionalmente ajuda a combater os famosos radicais livres.

Os últimos estudos (resumidos pela equipe de dermatologia da British Columbia University do Canadá), concluiram que o ALA a 5% aplicado diariamente no rosto por 12 semanas deixaram a pele mais lisa, fina e com menos linhas finas.

A ação anti-inflamatória desse ingrediente também é interessante após tratamentos na pele com laser ou luz intensa pulsada. Porém os estudos concluiram que ele não tem ação sobre a vermelhidão causada pela exposição ao Sol. Ele também não tem poder de reverter o número de células afetadas pelos raios ultravioletas, portanto deve sempre ser usado em conjunto com filtros solares.

Além de atuar sozinho o ácido alfa lipóico também potencializa os efeitos de outros antioxidantes, como as vitaminas C e E.  Isso ocorre porque ele é efetivo tanto em ambiente aquoso quanto oleoso, e ajuda a transportar esse outros ativos para as células.

Eu não encontrei (apesar de ter pesquisado bastante) muitos creminhos vendidos no Brasil que contém o ingrediente Apesar dele constar em muitas fórmulas manipuladas por dermatologistas.  Os que eu achei foram os seguintes.

Bel Col Revigor intensive, Bel química

Eye Area Therapy, Perricone do Brasil

Hidratante à base de ácido alfa-lipóico com DMAE Face Firming Activator, Perricone do Brasil.

Se alguém usa produtos que contém ácido alfalipóico e puder dar o depoimento e a indicação nos comentários seria bem legal!

Até mais

Renata

Read Full Post »

A história é mais ou menos assim: você trata pontos pretos, espinhas inflamadas e tals, mas por mais que se esforce e a pele melhore sempre acabam sobrando aquelas bolinhas braquinhas, pequenas, que de tão chatas e aparecidas gostam de ficar bem em volta dos olhos! Elas são chamadas de millim ou milia e podem aparecer em qualquer idade e tipo de pele, inclusive em quem tem pele seca.

Essas bolinhas chatas  são comuns até em recém-nascidos, mas por sorte (deles!) acabam desaparecendo com o tempo. Já as milias dos adultos são mais tinhosas e persistentes na pele. Devo confessar que tenho uma que não sai nem com reza brava, virou de estimação, acho que vou até dar um nome pra dita cuja.

Existem na verdade dois tipos de milium, os chamados de primários e os secundários. Os primários são os menorzinhos, contém líquido no interior e se formam quando a pele morta ao invés de se soltar normalmente fica presa na superfície da pele. Já os secundárias são maiores, e se formam após alguma lesão que obstrue os ductos principais da pele.

As bolinhas em geral tem de 1 a 2mm, não doem, nem coçam, e se não fosse feiozas a gente nem lembraria que elas existem. Como como lembramos sempre é bom tentar evitar né?

Quem usa loções com corticóide ou tomou muito sol (sempre ele!) tem mais risco de desenvolver milia. Machucados na pele, peelings mal feitos, espinhas espremidas, etc também são terreno fértil para as tais bolinhas.

O que você pode fazer se elas tem incomodam?

1. Procure um médico dermatologista e fale com ele sobre esse problema. Dependendo do tamanho e da quantidade o tratamento pode mudar. Em geral se foram poucas o médico faz uma pequena incisão e retira a milia (que é na verdade um pequeno cisto), pela raiz. Normalmente não é necessário anestesiar a pele. Tem que ser feito por alguém que tenha experiência e que retire a capsula do milium. Se forem várias pequeneninas, os peelings seriados com ácidos podem ser uma opção melhor. Alguns estudos mais recentem estão testando laser e Co2 para as bolinhas mais teimosas

2. Não tente espremer as fofas. Elas se rebelam, podem infeccionar a pele e . assim um probleminha se transforma em um problemão. Além do que elas são menos superficiais do que parecem e uma bolinha pode se tranformar num buraco. Não queremos isso, certo?

3. Tratamentos com ácidos em casa, como retinóico, adapaleno, etc, também podem ser úteis mas como são medicamentos também precisam ser prescritos.

4. Alguns tratamentos com antibióticos como a Minociclina podem reduzir a inflamação da pele e o aparecimento de milias. A indicação depende de cada caso.

5. Esfoliar a pele uma vez por semana também pode ajudar e evitar o surgimento de novas bolinhas.

6. Evite sol. Evite sol. Evite sol.

Beijos

Renata

Você também pode gostar de:

Porque temos pele de morango quando queríamos ter pele de pêssego, ou, o que fazer para fechar os poros?
A Rosa brigou com o cravo: mega post de segunda-feira com tudo o que pode ser feito para detonar os pontos pretos!

Read Full Post »

Older Posts »