Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \29\UTC 2010

Enfim, médica!!

Queridos leitores do blog,

Essa é uma postagem muito especial para mim. Finalmente, após 7 anos  (atrasei um ano, com o nascimento da minha filhota do meio…),  conclui o curso de medicina! Foi uma tarefa dura, difícil, mas é indescritível o prazer de fazer aquilo que a gente gosta e que a gente sente que é o que queremos fazer para o resto da vida.

E como o bulle é uma parte da minha formação, afinal são mais de 2 anos estudando sobre a beleza da pele e do corpo todo, eu queria dividir com vocês essa minha alegria hoje.

É claro que ainda estamos no começo e ainda tenho muita coisa para aprender. Com certeza nunca vou parar de estudar para conseguir ser a melhor médica que eu possa ser.

Então ainda vai ter muitas novidades para vocês aqui no blog. Essa semana estou meio enrolada porque mal acabou a faculdade e eu já tenho um curso de trauma nesse final de semana todo e tenho que me preparar para ele, mas assim que desafogar trarei muitos posts novos.

Beijos a todos e obrigada pela confiança que vocês sempre tiveram em mim. Queria também deixar um agradecimento público para o meu maridão que segurou uma barra forte (muitos plantões, horas de estudo…) para as minhas princesas que sempre foram nota 10 e para os meus pais que me apoiaram nessa aventura louca desde o início.

Beijo grande e vamos em frente,

Renata

Para terminar duas de minhas poesias favoritas

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa.

Põe quanto és
No mínimo que fazes.

Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive

Fernando Pessoa

—-

Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.

Clarice Lispector

Read Full Post »

As micoses, principalmente nos pés, são uma das doenças dermatológicas mais comuns. Também uma das mais difíceis de tratar. Ainda bem que não é grave, mas quem tem sabe que incomoda bastante. Coça, arde, as vezes chega a doer. Sem falar que pode deixar o pé feio, com aspecto de mal cuidado. E por fim tem o constrangimento do chulé e de ser barrado no exame médico para entrar na piscina do clube.

Ou seja, o pé de atleta, frieira ou micose de pé é chato mesmo. Pior que ele só quando a doença passa para as unhas. Aí passa a ter um nome feio Onicomicose e é bem mais demorado, caro e difícil de tratar.

O nome pé de atleta vem do fato de que as pessoas que usam muito tênis e frequentam banheiros públicos como os de clube ou academia estão mais sujeitos a terem a doença. Mas na verdade qualquer um pode ter de criança a vózinha. Micose de pé é bem democrático.

Os sintomas mais comuns além da coceira e do ardos são a descamação e o ressecamento da pele dos pés. No caso das unhas, elas podem ficar mais grossas, ter alteração de cor, ficar soltando do dedo. Como o tratamento para micose de unha é mais complicado é importante que se faça um exame micológico para ter certeza que o problema é fungo mesmo. No caso da pele do pé, se parecer fungo pelos sintomas pode-se tratar e se não funcionar aí se pede um exame micológico para saber qual é o organismo que está causando a doença e qual o melhor medicamento para combatê-lo.

Os fungos que causam a micose dos pés podem ser transmitidos de diversas maneiras: através de objetos contaminados, de uma região do corpo para outra, de uma pessoa para outra e de animais para pessoas.

A maioria das micoses de pé podem ser tratadas com antifungicos tópicos: Miconazol, Clotrimazol e terbinafina. Existem diversos no mercado, em pó, creme, pomada, spray. O tratamento básico dura quinze dias. Claro que como todo tratamento contra infecções tem que seguir certinho. Se interromper no meio, quando parece que curou, pode-se criar bichos mais resistentes ao remédio. Antes de aplicar a medicação é sempre importante estar com o pé bem limpinho e seco. Antes de dormir é uma boa hora, assim o pé pode respirar e o creme não fica todo no chão. Quando o tratamento tópico não funciona ou o caso é mais grave é importante procurar um médico que pode avaliar melhor a doença e inclusive prescrever medicação via oral se for necessário.

Mais importante do que tratar é prevenir que a micose volte. Para isso várias medidas são importante:

  1. Mantenha os seus pés secos, principalmente entre os dedos.
  2. Prefira meias de material natural (como algodão) e troque diariamente.
  3. Deixe dos seus sapatos em lugares secos e ventilados (= longe do banheiro)
  4. Alterne o uso dos sapatos
  5. Use sempre um chinelo quando estiver em um vestiário coletivo
  6. Não use sapatos emprestados

Se você tem tendência a micose algumas outras dicas podem ajudar: lave os seus pés com shampoo antifúngico (de cetoconazol, utilizados para quem tem caspa). Lave seus sapatos (se possível com esse mesmo shampoo), deixe secar no sol e depois passe o cetoconazol em spray por cima e deixe novamente secar  no sol.

Seus pésinhos agradecem!

Post baseado nas Informações na Mayo Clinic

Mais aqui no Bulle

Pra ser feliz pra sempre com salto alto!

Como lidar com os incômodos “olhos de peixe”?

Prepare-se para o verão parte III – Cuide bem dos seus pés!

 

 

 

 

Read Full Post »

Um dos produtos que mais pedem para eu comentar aqui no Blog é o Derm AOX da La Roche, então decidi fazer uma pesquisa mais aprofundada sobre o produto e de quebra tentar explicar um pouco sobre os processos químicos que trazem danos a pele.

Eu costumo gostar bastante dos produtos da La Roche, sendo que o active C para os olhos está entre os meus favoritos. Mas as promessas do Derm AOX me pareceram um pouco exageradas.

O Serum Derm AOX contém além das vitaminas C e E, já famosas em vários cosméticos duas substâncias relativamente novas: o pycnogenol  (que é considerado um antioxidante superior as vitaminas C/E) e a carnosina, uma substância que está sendo estudada pelos especialistas em diabetes e que impede as reações de glicação.

Mas o que é glicação e o que ela tem a ver com a pele? A glicação é uma reação química entre proteína e glicose, ou seja, quando uma proteína (por exemplo o colágeno da pele) entre em contato com a glicose, forma-se uma nova substância, com propriedades diferentes. Além de transformar a proteína a glicação ainda libera os AGEs que prejudicam a estrutura e o bom funcionamento das proteínas.  Esse processo explica o aumento da ateroesclerose em pacientes diabéticos e também está relacionado com a formação da catarata, pela glicação no cristalino.

Segundo a La Roche, o Derm AOX  diminuiria a glicação na pele em 33%, além de reduzir em 49% o stress oxidativo, outro processo de envelhecimento da pele mais conhecido.

Existem poucos estudos disponíveis sobre a eficiência da carnosina em uso tópico. É uma pena isso, mas hoje boa parte da pesquisa de cosméticos é feita pelos laboratórios que não divulgam os resultados, muito menos a metodologia, então é complicado a gente analisar de maneira independente.

Os que eu encontrei no pubmed (que é tipo um google de artigos científicos) estavam relacionados a colírios utilizados na prevenção de catarata com resultados animadores porém ainda iniciais.

A questão então volta ao que ocorre na maioria das dermocosméticos. Seria esse cosmético capaz de ultrapassar a epiderme e agir na membrana basal da pele, que fica na transição entre a pele e a epiderme?  Não é facil. A epiderme é uma camada fina, mas supereficiente em barrar a penetração de substâncias (por isso é o nosso maior órgão de defesa). É muito mais difícil uma substância ultrapassar a epiderme do que a conjuntiva ocular (onde a carnosina já demosntrou algum sucesso). Além disso, se atingisse de fato a derme, o Derm AOX não poderia ser considerado cosmético pelo FDA dos EUA, teria que ser vendido como medicamento com receita médica.

Isso não significa porém que o Derm AOX não funcione. Ele pode sim prevenir uma parte da glicação e atrasar o aparecimento das primeiras rugas finas. Também pode deixar a pele um pouco mais firme e macia.

Derm Aox Soin Creme Laroche Posay 40mlDerm Aox Sérum La Roche Posay 30ml

Resumindo: O Derm AOX é um cosmético bom, vendido a um preço razoável (R$ 125,90 o creme e R$ 135,90 o serum, justo se comparado a outras opções bem mais caras, e menos interessantes que estão disponíveis). Teoricamente contém uma susbtância que pode combater um dos processos de envelhecimento da pele, mas ainda temos poucas evidências da eficiência para uso tópico.

Vale lembrar também que é importante diminuir o consumo de açúcar na dieta, já que para glicação é necessário glicose, que entra no corpo pela boca e não pelo ar. Assim o verdadeiro milagre antienvelhecimento continua vindo de hábitos saudáveis e não do potinho.

Mais sobre o tema aqui no Bulle:
Cremes com ácido hialurônico são um bom investimento?
Quimioterapia contra rugas?
Cosméticos com DNA?

Read Full Post »

Já falei aqui no blog inúuumeras vezes sobre quanto o sol, o cigarro ou o stress  prejudicam a pele. Mas eles não são os únicos culpados. Existem outros hábitos que também podem ser nocivos e que a gente acaba prestando menos atenção.

1. Cutucar. Muitas vezes é praticamente irresistível apertar uma espinha ou puxar uma casquinha de machucado. Acontece que isso pode piorar o problema, trazendo irritação, vermelhidão e possivelmente até uma infecção na pele. Para combater esse hábito é preciso primeiro paciência. Depois existem uma série de produtos secativos no mercado que ajudam a secar a espinha sem necessidade de espremer. Se mesmo assim você não resistir, siga as instruções aqui do bulle sobre como espremer uma espinha. E nunca, jamais, chegue perto das espinhas duras, doloridas que estão mais profundas na pele, ok?

2. Apoiar o telefone no rosto. A gente pega o celular com a mão suja, joga ele dentro da bolsa, guarda numa capinha que nunca é limpada e depois fica apertado ele no rosto. Resultado? Muitas bactérias que estão no aparelinho querido podem passar para a sua pele piorando quadros como acne. O ideal é não encostar o telefone no rosto. Se isso não for possível limpe do dito cujo (incluindo o seu telefone fixo de casa) com alcool gel frequentemente. Já ajuda. O mesmo vale a fronha do travesseiro. Já repararam que a pele de quem tem acne sempre tem um lado pior? Em geral é o lado que se apoia o rosto para dormir. A pele fica em contato com a fronha nem sempre limpa, sem poder respirar. Se você não consegue dormir de barriga para cima é importante trocar a fronha do travesseiro no mínimo uma vez por semana.

3. Fazer ginástica maquiada. Todo mundo já aprendeu que tem que tirar a maquiagem antes de dormir, mas muita gente curte ir na academia maquiada. O que pode acontecer é que primeiro a maquiagem pode escorrer irritando os olhos. Outro problema é que o suor é uma piscina para bactérias. Se for limpar o rosto com uma toalhinha suja então o estrago é completo. Evite! Quer um pouco de glamour enquanto faz ginástica use um batom, faça um coque bacana no cabelo, mas evite rímel, base, pó…

4. Exagerar na esfoliação. A pele fica linda depois de uma esfoliação, a gente sabe disso. Ela fica mais lisinha, macia, uma delícia. Mas exagerar no esfrega pode piorar o problema. Super esfoliar a pele faz com que ela fique seca e irritada. Com isso a pele reage produzido mais óleo, que numa pele irritada se transforma rapidamente em cravinhos e espinhas. Pegue leve. Aqui tem um post completinho sobre como esfoliar a pele.

E para quem não consegue se livrar dos maus hábitos, os posts de controle de danos.

Redução de danos – Primeira parte

Redução de danos – Segunda parte

Read Full Post »

Vamos dar uma pausa no papo sobre ingredientes antioxidantes, e vamos falar hoje um pouco do processo de envelhecimento da pele. É super importante entender como a pele envelhece para conseguirmos evitar, ou pelo menos postergar esse envelhecimento e também tratá-lo de maneira correta.

Como tudo no nosso corpo, dá um pouco de aflição pensar assim mas é a realidade, a pele envelhece a cada minuto. Mas o lado positivo é que ela está sempre se renovando. A célula que está nascendo hoje, daqui há c erca de um mês estará descolando. Existem, porém, uma série de fator que podem acelerar esse processo, fazendo com que a nossa pele, e consequentemente a nossa aparência fique mais velha.

Existem dois processos básicos de envelhecimento da pele, o intrínseco e os extrínseco.

O íntrinseco é o que ocorre com a idade e não tem muito como impedir. Simplificando a conversa, a nossa genética contém a informação sobre como e quando a nossa pele vai ficar mais fina, mais seca, mais flácida…ah chega! Apesar da propaganda da indústria cosmética sobre cremes que ativam o DNA e cosméticos que atuam nos genes, a dura realidade é que não tem muito o que a gente possa fazer contra o envelhecimento intrínseco, a não ser uma cirurgia plástica.

Já o envelhecimento extrínseco não depende da sorte de ter nascido com uma genética favorável. Ele depende do seu estilo de vida. Vários pecados que a gente comete ao longo da vida podem ir acelerando esse envelhecimento extrínseco e é aí que devemos apostar as nossas fichas para desacelerar o relógio.

Entre os fatores extrínsecos mais importantes está a exposição a raios ultravioletas (que a gente fala sempre sempre aqui no blog, no twitter e na vida), sua rotina de cuidados com a pele, níveis de stress e felicidade (fatores muito importantes esses), alimentação, hormônios, tabagismo e outras doenças e atividade física.

Então o que a gente pode fazer para desacelerar esse processo?

Serei chata, mas não tem como. O passo mais importante é evitar o sol. Filtro solar, óculos, roupas, chapéus, sombrinhas, quanto maior o arsenal, maior a proteção.

Cuide da sua pele. Se você tem acne, rosácea, ou qualquer tipo de dermatite, procure um médico para cuidar. É a maior bobagem quem fala que a pessoa que tem acne, por ter a pele oleosa vai envelhecer mais devagar. Pelo contrário, a inflamação da pele acelera o processo de envelhecimento. Manter a pele sempre bem cuidada, sem lesões, bem hidratada é fundamental.

Cigarro e poluição também envelhecem. Isso porque eles contém os famosos radicais livres, que “enferrujam” a pele.

O desbalanço hormonal também é um fator de envelhecimento. Hormônios desregulados podem causar acne de um lado ou melasma de outro, dependendo pra que lado a balança estiver caindo. Um bom médico também saberá como detectar e corrigir esses problemas.

A alimentação também é algo muito importante. A maioria das deficiências de vitamina aparecem na pele, que fica mais seca, descamativa, frágil e consequentemente, velha. Por outro lado alguns alimentos como peixes, frutas, verduras, etc contém ativos antioxidantes que desaceleram o processo de envelhecimento. Aposte neles!

E por fim se cuide de uma maneira geral. Cada infecção tipo resfriado mesmo, dá uma acelerada no processo pelo stress que trás ao corpo. Ficar sem dormir idem. E o mais importante de tudo cuide da sua cabeça, arrume um hobby, evite situações desagradáveis. Já está provado que a felicidade deixa a pele mais bonita.

Bom final de semana para todos

Renata

Quem quiser se aprofundar no assunto (final de semana chuvoso a vista) tem um artigo de revisão bem bom e recente (de 2009) em português, explicando como é que ocorre o fotoenvelhecimento da pele e como prevenir.

Read Full Post »