Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Rituais’ Category

Gente em primeiro lugar gostaria de agradecer (muito!!) todo mundo que respondeu a pesquisa no post anterior. A pesquisa serve tanto para que eu possa conhecer melhor os leitores e saber mais o que vocês querem por aqui, mas também para buscar empresas que possam se interessar em patrocinar o blog (e como vocês sabem patrocínio=dimdim=mais chance de poder comprar e experimentar coisas novas e contar para vocês).

Quem é leitor do blog já sabe que a minha pele é daquelas beem oleosas (como a maioria das brasileiras),  então a minha rotina de cuidados pode servir de inspiração para quem também tem a pele e o cabelo assim.

Eu já fiz um post semelhante há bastante tempo, aí uma leitora do twitter pediu para que eu atualizasse com as novidades e de fato, mudei bastante coisa desde o post antigo, então vamos lá:

Manhã:

1. Lavagem: Dermovitin Foam da Galderma. É caro para um sabonete, mas deixa a pele sequinha e dura horrores. Sem falar que o sistema de espuma diminui a quantidade de sabão na pele, evitando irritação provocada pelos resíduos de sabão na pele.

2. Filtro solar: Episol Sec FPS 30 ou Sundown Facial Diário FPS 30. Como já falei várias vezes aqui no blog, filtro tem que caprichar pra passar, usar todos os dias e encher a mão. Não dá para economizar. Então para não ir a falência uso esses dois que tem preço razoável e não deixam a minha pele melecada.  Nos braços e mãos eu tenho usado o episol sec FPS 45, que não é tão sec…rsrs aliás é meio melecoso, mas fora do rosto não vejo muito problema.

De produto é só. Se a pele está mais ressecada ou agredida eu tenho usado por cima o Hydrating B5 da Skinceuticals (que é caro, mas dura bastante porque duas gotinhas bastam). Mas via de regra eu uso só uma gotinha pequenina nos lábios.

Meio do dia:

Se fiquei exposta ao ar livre, repito a rotina da manhã. Se não uso o pó compacto com FPS 25 da dermage, na hora de dar aquela retocada na maquiagem.

Á noite

1. Lavagem do rosto com o mesmo sabonete-espuma da manhã

2. Tenho alternado à noite com o Azelan (ácido azeláico creme a 20%) , que ajuda a evitar a acne e diminui o vermelho da pele (mas é medicamento então não use sem consultar um médico antes!)  com uma descoberta nova o CE Ferulic da Skinceuticals. Esse é o primeiro produto anti-idade que eu consigo me adaptar, porque é em forma de serum e não deixa a pele oleosa. Contém 3 ativos anti-oxidantes: ácido ascórbico, alfa tocoferol e ácido ferúlico (que juntos são mais potentes do que sozinhos). Tenho gostado bastante e acho que não vivo mais sem. Também é meio caro, mas como uso em conta gotas em dias alternados dura bastante também.

Para os cabelos

Mudei totalmente a minha rotina e deixei de usar condicionador depois desse post aqui no dia de beauté. Tenho outro cabelo agora, mais volumoso, brilhante e não mais aquele lambido escorrido oleoso!!! rsrs Recomendo para quem tem cabelo liso e oleoso e não curte.

Cuidados extras

Tenho feito o tratamento com luz vermelha uma vez por semana (detalhes nesse post aqui!) . Não sei ainda o efeito a longo prazo (que é sempre complicado de medir quando se usar várias coisas), mas na hora dá um efeito Cinderela muito legal e é bom antes dos dias importantes 😉

Também tenho usado a máscara de vitamina c uma vez por semana, em geral na segunda-feira, para começar a semana bem!

É isso! Mudou meio que tudo né…mas a vida é assim mesmo, a gente vai aprendendo, a indústria trazendo coisas novas, a pele “amadurecendo”…

E vocês, vamos compartilhar dicas de rotinas de cuidados também?

 

Read Full Post »

Eu não sei vocês mas eu sou super apressadinha quando começo a fazer qualquer tipo de tratamento, ou dieta, ou ginástica. Tipo começo a dieta hoje (segunda feira, até que não seria uma má idéia…) e amanhã já quero ver a balança acusando pelo menos umas gramas a menos e sentindo a calça mais folgada.

Com os tratamentos para a pele muita gente (e confesso que eu também já fui assim) quer ver o resultado na hora, no máaaaximo em uma semana. Acontece que infelizmente não é assim que acontece. É preciso ter paciência. Os tratamentos para a pele demoram para apresentar resultados, e o que ainda mais chato, não raro a pele piora no início de alguns tratamentos antes de começar a melhorar. Resultado: muita gente desiste do tratamento achando que ele não é bom sem dar o tempo devido.

Em termos gerais para começar a apresentar um resultado satisfatório os tratamentos para pele levam o seguinte tempo:

  • anti acne: seis semanas a três meses.
  • antienvelhecimento: cerca de três meses.
  • tratamentos clareadores: seis a doze meses!

Então pessoal o importante é ser disciplinado e persistente. Seguindo à risca o que foi prescrito pelo seu dermatologista mesmo que no começo a pele pareça igual ou até um pouco pior (se tiver dúvidas sobre se os efeitos que está sentindo são normais consulte novamente o seu médico).

Os resultados virão com o tempo!

Falando em tempo fazia um tempãaaaao que eu não postava no blog né!! Mas estava morrendo de saudades e quando pensei nesse assunto vim aqui compartilhar com vocês. Continuo com o tempo super escasso mas vou fazer o possível para não sumir por tanto tempo de novo!

ah sim quem estiver com saudades e não quiser esperar os posts no blog eu tenho estado mais presente no twitter @bulledebeaute

Beijo grande,


Read Full Post »

sono

Olá pessoal,

Ando sumidíssima do blog. Aliás do blog só não, de toda a vida normal longe do hospital. E o pouco tempo que resta tenho me dedicado às minhas meninas e ao meu gato, justo né? Mas é lógico que eu não me esqueci de vocês e sempre que posso entro, leio todos os comentários e respondo o que dá.

Nas minhas noites, e dias, e noites …de plantão tenho pensado nesse post para o blog. Afinal não importa o quanto a gente tenha que trabalhar todo mundo quer parecer bonitinha, ou pelo menos digna né! Até porque eu agora estou estagiando na pediatria e não tenho intenção de assustar crianças com cara de bruxa mal dormida, hehe.

Aí é claro que não é muita gente que lê o blog que dá plantão por aí, mas tem bastante gente sim que tem que ficar sem dormir. Eu inclusive costumava brincar que tiraria os plantões de letra já que estava acostumadíssima a acordar de madrugada como qualquer mãe de bebezinho pequeno faz. Além das mães, não são raras as pessoas que tem que virar a noite trabalhando ou estudando e que tem que estar apresentável no dia seguinte.

Então esse post é para dar umas dicas que eu tenho tirado do meu dia a dia mesmo, testadas e aprovadas para miminizar os efeitos das noites viradas na sua aparência.

1. Cabelo. Quem costuma ser obrigada a dormir pouco tem que ter o cabelo mais prático possível. Existem 2 tipo de cabelos práticos: os cortados joãozinho, super modernos, como o da Cris, que está lindinho ou tem que ser “prendíveis”, ou seja, com um comprimento mínimo que seja possível fazer um coque ou um rabo de cavalo salvador em poucos segundos. Adotado o corte de cabelo mantenha ao alcance das mãos um fixador, grampos, fivelinhas e um elástico (se for do tipo comprido). Esqueça o comprimento “apresentadora de telejornal” eles só funcionam pra quem tem tempo de fazer escova (oi?).

2. Unhas. Unha vermelha, preta, azul escuro pode ser fashion, mas não resistem ao tranco. Vá de beje (aproveite que o nude está com tudo) ou de rosinha e seja feliz!

3. Protetor solar. Sim se você vai passar a noite em claro vai precisar dele já que a luz artificial também prejudica a pele. Mas é claro que não precisa besuntar o rosto de filtro solar de noite. Eu tenho amado o Avene solar compact. É um misto de filtro solar e base com o acabamento meio de pó. É caro (custa uns R$ 120 dinheiros), mas não é todo dia que a gente fica sem tormir né (graças a deus!).

4. Maquiagem. O melhor é usar um produto só, até porque de manhã depois do plantão não dá vontade de grandes produções né. Esse produtinho aqui da contém 1 grama é batom, blush e sombra tudo junto, combinando e facilita muito a vida.

5. Roupa. Conforto é funtamental mas não é por isso que você vai ficar mulambenta com roupa rasgada e manchada, offcourse. Então se você é do tipo que precisa dar plantão, seja lá onde for, mantenha um mínimo de roupinhas confortáveis bonitinhas. As Oficinas, que são experts no assunto fizeram um post ótimo sobre roupas de ficar em casa até com listinha, clica lá.

6. Kit conforto básico. Eu sei que eu devo parecer a maior perua do universo mas faz parte do meu “kit plantão”: protetor de ouvidos da nexcare (se seu gato ronca mega recomendo, é tipo salva-vidas imediato, sua e dele!), máscara para os olhos (aquelas de avião), saco de dormir (usado como edredon) e meu travesseiro da fom. Ah sim, a super caneca térmica starbucks pra manter o indispensável café quentinho por mais tempo. 

7. Aditivos. Tem quem tome de tudo pra ficar acordado. É claro que é perigoso e pode dar uma ressaca importante no dia seguinte. Não vale a pena. Mas uma ajudinha sempre ajuda. Eu gosto muito do Targifor, que associa vitamina C e arginina e dá uma melhorada boa na sensação de cansaço.

O mais importante: manter o bom humor e o alto astral. Se você tem que virara noite contra sua vontade, lembre de quando fazia isso voluntariamente, eu costume pensar das minhas férias no sitio das minhas primas, onde a gente passava a noite inteira fofocando esperando para ver o dia clarear e ir tirar leite da vaca! Que delícia!

Mais no Bulle

Mesmo as mega ocupadas podem ser belas!

Como montar um kit de sobrevivência de beleza.

Como recuperar os efeitos da balada na beleza?

sono

Read Full Post »

Ontem preparamos mais um vídeo aqui para o blog (eu e minha cinegrafista querida que aparece rapidamente no espelho ;-).

O tema agora é sobre como passar cremes noturnos. A boa notícia é que vocês vão recuperar o dinheiro extra gasto com filtro solar. Enquanto a maioria das pessoas passa menos filtro solar do que deveriam as pessoas também tendem a usar uma quantidade maior de cremes noturnos do que precisam.

Isso acontece porque muita gente tem a idéia de que quanto mais creme melhor, mais efeito ele irá fazer. Mas isso não é verdade porque a pele tem uma capacidade limitada de absorver os ingredientes presentes nos cremes. Assim, o que não pode ser aproveitado acaba ficando na fronha do travesseiro, que muitas vezes fica manchada.

Os filtro solares e os hidratantes comuns tem a função de formar uma camada protetora sobre a pele. Seja para evitar a penetração dos raios solares ou dificuldar a evaporação da água. Todos os outros cremes não tem a função de formar barreira e sim de tratar a pele e por isso a quantidade usada pode ser bem limitada.

Se não der certo tentem clicar aqui

Isso vale para os cremes a base de ácidos (retinóico, glicólico, azeláico e kójico), para a vitamina c, para a hidroquinona, para o retinol, dmae, enfim para os principais principios ativos utilizados nos cosméticos e medicamentos para a pele.

Na consulta, costuma-se orientar o paciente a aplicar uma fiiiina camada. A idéia é passar o produto no rosto todo (incluindo o pescoço) e concentrar o produto nas áreas que teoricamente estão mais carentes dele. De uma maneira geral deve-se concentram os produtos anti-acne na famosa zona T, os produtos despigmentantes na região das bochechas, embaixo dos olhos e em volta do rosto e os anti-idade em volta dos olhos, na testa e na região do “bigode chinês”.

É possível passar mais de um produto na mesma noite, mas deve-se tomar cuidado para não irritar demais a pele. Ao invés de usar dois produtos pode ser melhor usar um único com mais de um principio ativo (seja pronto, seja manipulado), alternar os dias ou mesmo usar produtos diferentes nas áreas do rosto.

Eu, por exemplo (só exemplo mesmo, já que cada pele é uma pele, né!) estou no momento alternando o Diacneal com o Azelan creme no rosto e completo usando o Active C da La Roche para a área dos olhos (já que nessa região a  minha pele é mais seca). A minha mãe tem a pele diferente da minha e os produtos que ela usa, e que eu mostro na simulação do vídeo é o Redermic XL da La Roche para o rosto e o Nivea Q10 para o contorno dos olhos (combinação essa que funciona melhor para quem tem a pele seca).

Então é isso. Espero que gostem!! E por favor contribuam com sugestões para novos vídeos nos comentários.

Mais sobre o assunto aqui no Bulle

Seu tratamento de pele está acabando com as sua roupa de cama?

Uma noite de beleza!

Como tirar o máximo proveito dos seus produtos de beleza.

Ah sim não percam amanhã um post imperdível sobre calvice escrito pelo Tiago (que deveria ter entrado hoje mas meu computador não está colaborando rsrsrs!

Read Full Post »

A sociedade americada de cirurgia dermatológica acaba de divulgar uma ferramenta muito legal, incluindo até fotos no facebook (olha que muderno!!) para ajudar as todo mundo a analisar a própria pele e verificar se existem lesões que podem significar risco para câncer de pele.

Eu acho isso um super passo importante porque desmistifica um pouco o conhecimento médico. As pessoas, se devidamente educadas, são capazes de analisar a sua pele e elas tem infinitas mais oportunidades de enxergar lesões e perceber mudanças do que um médico, por melhor que seja.

Isso porque a gente vê a nossa pele todo dia enquanto o médico acaba vendo no máximo uma vez por ano. Sem falar nos médicos que nem examinam a pele toda paciente.  Quantas vezes vocês foram à um dermatologista e tiraram toda a roupa? Pois é, mas isso seria o certo ou você corre o risco de sair de uma consulta dermatológica com um câncer de pele agressivo no dedo do pé e ele não ser diagnosticado na consulta se o médico só olhar para o seu rosto.

Isso é muito importante porque o câncer de pele é, de longe, o tipo mais comum de câncer e mesmo considerando que a maioria deles não leva à morte eles podem sim fazer estragos bem grandes.

Isso sem falar que além dos tumores de pele dito “bonzinhos” exite também o melanoma, que é um dos tipos de câncer mais agressivos que existe e que tem origem na pele. O melanoma é o segundo tipo de câncer mais comum entre mulheres de  a 20 a 29 anos e se não diagnosticado a tempo ele mata mesmo! Então não estamos falando de doenças super raras.

As estatísticas mostram que morre um americano por hora em decorrência do melanoma. É muita gente! É importante dizer também que nem só os branquinhos tem chance de desenvolver câncer de pele, qualquer idade, raça ou sexo pode desenvolver a doença, apesar das probabilidades variarem.

A boa notícia é que se detectado no começo os tumores de pele podem ser curados em quase 100% dos casos.

Então a gente se olhar no espelho e conhecer bem a nossa pele é super importante não só para a nossa beleza mas também para a nossa saúde. Pode salvar a nossa vida! E no mais quanto mais a gente se conhece, melhor né?

Acontece que pra gente olhar a nossa pele com o olhar clínico a gente tem que ter algumas ferramentas, saber o que está procurando. Perceber o que é normal e o que pode significar doença, e quando é necessário procurar um médico.

Para fazer o auto-exame você só vai precisar de um espelho de corpo inteiro, um espelinho de mão, uma régua e um local bem iluminado com privacidade adequada. O ideal é fazer o exame uma vez por mês e assim poder conhecer a sua pele como a palma da sua mão.

Para se examinar você deve ficar de pé sem roupa em frente do espelho de corpo inteiro (se você não tem um em casa trata de comprar e colocar atrás da porta do armário ou do seu quarto, ele também vai ser mega útil para você checar as suas produções fashions). O espelho de mão você usa para checar as áreas que não consegue ver no espelho único (sabe como o cabeleireiro faz pra te mostrar atrás do cabelo?).

É importante olhar a pele toda e não só a parte exposta ao sol, já que as lesões podem aparecer em qualquer lugar. Não esqueça de olhas nas costas, no couro cabeludo, nas palmas das mãos e nas solas dos pés, embaixo dos braços, atrás da orelha, na genitália e entre os dedos. Quando for olhar o couro cabeludo você vai dividindo o cabelo e olhando entre os fios.

Conforme você for se examinando algumas vezes você irá ficando familiar com a sua pele. Vai reconhecer as suas marcas de nascença, pintas, verrugas e outras manchinhas que possam existir. É importante prestar atenção em mudanças no tamanho, na cor, no formato e na textura dessas marcas.

Os sinais de que uma alteração de pele pode significar câncer são as seguintes:

1. Feridas que não cicatrizam,

2. Crescimento translúcido com as bordas laminadas.

3. Pintas pretas ou marrons embaixo das unhas.

4. Pintinhas vermelhas ou rosadas agrupadas

5. Cicatrizes ásperas de longo tempo

6. Lesões planas ou levemente deprimidas que são duras quando palpadas.

Preste atenção especial às pintas, especialmente aqueles que estão se modificando com o tempo, que sangram ou coçam. Quando olhar as pintas tenha em mente o ABCD do melanoma:

A: Assimetria (as metades da pinta são iguais?)

B: Bordas (você consegue definir bem onde a pinta começa e termina?)

C: Cor (a cor é homogênea?)

D: Diâmetro (ela mede menos de 0,6 cm?)

Se você responde não a pelo menos 1 das perguntas acima para alguma pinta do corpo é importante procurar um médico dermatologista.

O próximo passo é documentar a sua pele (já que vai ser difícil você guardar como é cada marquinha, especialmente se for a “rainha das pintas” como eu).

Para tanto é importante imprimir o “diário da pele” antes de se examinar e guardar essa informação numa pastinha todo mês.

Mapa da sua pele que ajuda a prevenir (de verdade!) câncer de pele.

Quem quiser já pode ir no site da ASDS e imprimir o seu folheto.

Na primeira vez que você for fazer vai dar um trabalho para catalogar sua pele toda. Mas das próximas vezes vai ser super mais fácil. Não é um programa ótimo para esse final de semana que nem é feriado? Pra ficar mais legal dá até para fazer pelo menos a primeira vez em conjunto, ou com o bofe ou com uma amiga de fé ou irmã camarada. Vamos???

Quem quiser ler o folheto todo em inglês é só entrar aqui.

Bom final de semana!

Read Full Post »

Muita gente pediu, então finalmente estou voltando a falar das rotinas de cuidado com a pele. Vou começar com a pele ORPW (Oleosa, resistente, pigmentada e com tendência à rugas), a mais mais entre as pedidas!. Se você não sabe o seu tipo de pele ou quer ver outras rotinas que eu já fiz clica aqui. A ídéia desses posts não é ser uma consulta médica (primeiro porque ainda não sou médica e segundo, mais importante, porque não existe consulta online) e sim dar uma orientada sobre como cuidar da pele saudável dependendo das características de cada pele, para que ela continue saudável. Se você tem alguma doença de pele, o ideal é que procure um médico que possa te orientar, certo?! Então vamos lá.

A pele ORPW é um tipo de pele comum, mas difícil de orientar por aqui. Isso porque a resistência, mais a oleosidade, fazem com que seja difícil para os produtos vendidos livremente, ou seja, aqueles que não são medicamentos terem efeito. Isso porque a oleosidade aumenta ainda mais a resistência de uma pele já resistente. Dessa maneira, para tratar problemas da pele ORPW em geral são necessários produtos mais fortes. Mas existem sim vários produtos que podem ser usados para prevenir ou evitar que os problemas aumentem, seja acne, manchas ou rugas.

Como a pele é resistente não adianta passar um monte de produtos diferentes de uma vez, porque fica mais difícil ainda deles fazerem efeito e penetrarem na pele. Outra dica importante é a disciplina: se quem tem a pele sensível pode esquecer de passar os cremes e às vezes até para deixar de propósito a pele “descansar”, quem tem a pele resistente deve usar diariamente para melhor a eficácia. Então, pra garantir que a rotina possa ser seguida mesmo pelas mais apressadinhas eu procurei simplificá-la ao máximo pra não ter desculpa, ok?

Manhã:

Produtinhos para rotina matinal da pele ORPW

Produtinhos para rotina matinal da pele ORPW

1. Lavar a pele com um sabonete indicado para a pele oleosa.

Acne Aid Wash – Stiefel R$ 31,30

Cetaphil sabonete líquido – Galderma R$ 47,50

Deep Action Clear & Clear R$ 14,90

Deep clean gel de limpeza profunda Neutrogena R$ 19,80

Effaclar Gel La Roche Posay R$ 69,60

2. Aplicar um despigmentante para o dia (para quem tem mais problema com as manchas) com filtro solar

 Clareador da pele futura biotech R$ 104,40

Clariderm clear serum stiefel FPS 18 R$ 46,80

Klassis terraskin R$ 97,90

Melani D La Roche Posay R$ 139,90

3. Aplicar um produto antioxidante para o dia com filtro solar.

Anti sinais diurno linea pelle R$ 116,20

Endocare Day FPS 30 R$ 133,70

Health skin anti rugas FPS 15 Neutrogena R$ 48,40

Liftactiv pro Vichy FPS 15 R$ 139,90

Melora C FPS 15 R$ 151,40

Noite

Rotina sem medicamentos para quem tem a pele ORPW.

Rotina sem medicamentos para quem tem a pele ORPW.

Para  noite, vale a pena para quem tem a pele ORPW substituir o sabonete por um esfoliante leve. Assim, você pode lavar  rosto normalmente no banho com um sabonete neutro, ou o mesmo sabonete da manhã e antes de fazer a rotinha de cuidados da noite fazer uma esfoliação leve no rosto. Sempre lembrando que não é para machucar o rosto, é pra pegar leve e esfoliar com calma tá ;-)? Quem precisar de mais dicas para esfoliar a pele entra aqui que eu já expliquei tudinho.

1. Esfoliantes para noite

Epidac Gel Esfoliante Mantecorp R$ 39,90

Ionax Scrub Galderma R$ 50,30

Deep Action sabonete liquido micro esfoliante Clean & Clear R$ 14,20

2. Despigmentantes para noite ou creme de cuidados contra acne para noite (vai depender de qual o seu problema maior). Em geral os produtos que mais funcionam para a pele resistente são mesmo os medicamentos, seja a base de ácido retinóico para acne e rugas ou à base de hidroquinona para manchas. Para usar esses produtos, que tem indicações, contra-indicações e efeitos colaterais é sempre importante consultar um médico. Indicar produtos que não sejam medicamentos para tratar a pele resistente na minha opinião não vale a pena, então se você tem problemas com acne ou manchas e tem a pele resistente é imprescindível consultar um médico, caso contrário a chance de jogar dinheiro fora é bem grande.

3. Antioxidantes ou produtos antienvelhecimento para noite.

Os produtos a base de ácido retinóico são interessantes como opção antirugas para quem tem a pele resistente (já que o produto teria menos efeitos colaterais nesse tipo de pele). Mas para quem tem tendência a formação de vasinhos (o que não costuma ser muito comum na pele resistente, mas pode ocorrer) ele não é indicado. Existem algumas outras opção de cremes antienvelhecimento para a pele ORPW. Eles são mais indicados, porém, porém quem não tem a pele tão oleosa e a questão rugas preocupa mais do que a questão acne. Então pense nesses produtos especialmente se você já tiver mais de 40.

Active C La Roche Posay R$ 126,34

Codex noite galena R$ 166,80

Eluage gel concentre Avene R$ 141,90

Health skin anti rugas noturno Neutrogena R$ 48,30

IDB Clear Face Ada Tina R$ 144,30

Isolift Soin Visage Uriage R$ 115,50

Isotopic Melora Derme R$ 108,80

Como é difícil penetrar a pele resistente uma opção é usar tratamentos via oral, para melhorar a aparência da pele por dentro. As chamadas pilulas da beleza, ainda tem poucos estudos e comprovação científica, mas são uma opção na tentantiva de retardar o envelhecimento. Então para esse tipo de pele (resistente e com tendência à rugas) eu acho que vale a pena investir num suplemento como o inneov fermeté R$129,90.

Sempre é bom lembrar que esses posts são uma orientação geral. Não substitui de maneira nenhuma uma consulta médica e só vale para a pele saudável.

Beijos

Renata

Read Full Post »

Uma das dúvidas bastante frequente (e muito importante!) quando falamos de produtos de beleza é quanto os produtos duram. Para saber se o produto está bom ou não (já que em geral a validade não está marcada na embalagem) a dica é manter em um lugar fácil de consultar, tipo agenda ou celular, uma tabela com o tempo de validade de cada produto conforme vou falar nesse post e a data quando cada um foi comprado. Dá um trabalho e exige organização, mas vale a pena!

É sempre bom, de tempos em tempos, fazer uma bela faxina nos seus produtinhos e jogar fora o que está velho, já que ninguém quer passar produtos velhos e contaminados na pele né?

Outra dica importante é ficar atenta na validade para não ficar super economizando aquela maquiagem mais cara e deixá-la só para os dias de festa porque aí quando a festona chegar o produto pode estar vencido.

Também é sempre bom evitar ficar colocando o dedo dentro dos produtos, uma vez que a nossa pele é sempre contaminada com um monte de bactérias que podem crescer mais dentro dos potinhos dos produtos. Quando colocar o dedo for indispensável pelo menos lave bem as mãos antes.

Deixar sempre os potes tampados e de preferência em lugar fresco e seco é básico. Se é difícil encontrar um lugar fresquinho aqui no nosso país tropical vamos combinar que o vapor do banheiro não ajudo muito né?

Esses cuidados são muito importantes já que produtos velhos não apenas são inefientes como também podem causar irritação, inflamação e piorar problemas de pele, especialmente a acne.

Agora vou falar da durabilidade de alguns produtinhos mais usados:

1. Maquiagem para pele: 6 meses para os produtos líquidos e dois anos para os em pó (que são a melhor opção para quem se maquia pouco). Como reconhecer um produto vencido? Os líquidos velhos, como base líquida costumam acumular óleo na superfície e também ficam mais espessos. Na pele a maquiagem podem deixar a pele com aparência quebradiça.

2. Máscara para olhos ou rimel: 3 meses. A embalagem escura e o ambiente líquido desses produtos são uma espécie de “suíte presidencial” para as bactérias, por isso duram bem pouco. A máscara velha fica seca e não adere bem aos cílios. Para evitar que durem ainda menos evite ficar “bombando” o pincel dentro do tubo. Isso leva ar para dentro do frasco e facilita ainda mais a vida das bactérias que estão lá dentro.

3. Delineador e sombra: Delineador líquido 3 meses, sombras cremosas 6 meses, lápis e sombras em pó 2 anos. O delineador líquido dura pouco pelos mesmos motivos do rimel. O lápis dura mais porque cada vez que você aponta expõe uma superfície nova ao meio ambiente (ajuda manter sempre o apontador limpo e passar um alcool nele antes de usar). As sombras em pó são difíceis de contaminar mas perdem a performance e com o tempo pode ser difícil de pegar o pigmento.

4. Batons e lápis de boca: 2 anos. Os batons velhos em geral ficam secos e não aparentam mais cremosidade. Os podutos de longa duração na boca, costumam ter uma validade mais curta já que eles contem ingredientes que evaporam mais rápido do que os produtos tradicionais.

5. Esmaltes: 2 anos Quando os esmaltes ficam velhos o produto fica opaco e quebradiço. As fórmulas dos esmaltes são especialmente sensíveis à umidade, então pelo menos eles devem ficar fora do banheiro.

Como a hora tarda e minhas férias acabaram preciso ir porque amanhã tenho que madrugar, mas no próximo post vou falar dos creminhos, filtro solar, produtos para o cabelo e perfumes. Não percam!

Fonte de pesquisa: WebMd

Read Full Post »

Older Posts »