Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘peeling’

 

Até a palavra é feia: flácida. Só pela sonoridade a gente já sente a moleza gelatinosa não é mesmo? Esse pesadelo estético pode aparecer de diferentes maneiras no nosso corpo e no nosso rosto: após dietas rígidas (quando a pessoa perde muito peso rápido), depois da gravidez e com a idade mesmo. É a lei da gravidade: com o tempo as coisas amolecem e caem…ai!
Se não tem como evitar (um dia ela vai chegar, faz parte da vida) pelo menos podemos minimizar e retardar ao máximo o seu aparecimento. Pra começar é o básico: exercícios físicos, boa alimentação, proteção ao sol, tomar bastante água, dormir bem e evitar hábitos de vida que envelhecem (como cigarro, poluição e stress) é o cardápio principal para postergar a flacidez. Tudo coisa que a gente já falou aqui no blog…

Ginástica ainda é o meio mais eficiente de prevenção contra o medo de dar tchauzinho!

Ginástica ainda é o meio mais eficiente de prevenção contra o medo de dar tchauzinho!

Mas antes de falar dos tratamentos mais específicos é preciso explicar que existem dois tipos de flacidez: a muscular mais profunda proveniente do desgaste das fibras, e a flacidez na pele, mais superficial que resulta da desorganização progressiva das fibras de colágeno e elastina presentes na pele. Ambas podem ocorrer ao mesmo tempo (o mais comum) ou de maneira isolada.

Para a flacidez muscular o melhor tratamento são os exercícios físicos, especialmente a musculação e os exercícios localizados, e uma dieta balanceada rica em proteínas que é o principal ingrediente para os músculos.

Para a flacidez da pele seja ela do rosto e do corpo alguns tratamentos estão disponíveis:

1. Bioplastia: Um material denominado PMMA é injetado no corpo através de microcânulas (que fazem furinhos bem pequenos menores do que uma cabeça de alfinete na pele) que colocam as microesferas desse material no local desejado, tudo sob anestesia local. O material pode ser aderido aos ossos, músculos, gordura ou na pele, dependendo o efeito desejado. O procedimento leva entre 40 minutos e uma hora podendo ser realizado em clínica especializada ou em hospital. O paciente em geral vai para casa logo após o procedimento. Relatório completo sobre esse procedimento você encontra aqui .

2. Peeling profundo: O peeling profundo mais utilizado é o de fenol. O paciente deve ser submetido a uma sedação leve e, após limpeza e desengorduramento da pele, inicia-se a aplicação da solução, que é realizada por áreas: região frontal (testa), em seguida região infraorbitária (ao redor dos olhos), região malar (bochechas) e, por último, a região perioral e mentoniana (queixo), com intervalo de 20 minutos entre as aplicações. Logo após a aplicação, em decorrência da coagulação das proteínas, a pele torna-se branca (frost), e é acompanhada por ardor (que varia de leve a intenso). A seguir, coloca-se uma máscara de esparadrapo que permanece por 48 horas. A aplicação é dolorosa, devendo o paciente receber analgésicos e antiinflamatórios durante as primeiras 12 horas após o peeling. A maior indicação desse processo é para o envelhecimento severo da pele e para cicatrizes de acne. Mais detalhes sobre peelings você encontra no site da Dra. Denise Steiner de onde esse parágrafo foi retirado.

Para os casos mais criticos (o que obviamente não é o caso da moça da foto) só entrando na faca!

Para os casos mais críticos (o que obviamente não é o caso da moça da foto) só entrando na faca!

3. Lifting facial completo: É a cirurgia plástica de rejuvenescimento mais conhecida. É aquela em que se estica a pele para acabar com a flacidez. Os riscos são os comuns a qualquer cirurgia e a cicatriz existe (mas em geral é escondida atrás da orelha e embaixo do cabelo). O lifting é indicado para pessoas saudáveis físicas e mentalmente em idade mais avançada (em geral não antes dos 50 anos). Pode ser feita anestesia local com sedação ou anestesia geral em clinica especializada ou em hospital (preferencialmente). Quer saber mais entre aqui.

Nessas duas matérias da revista Corpo a corpo aqui e aqui  você pode encontrar uma série de outros tratamentos para combater a flacidez. Como o problema não é muito estudado pelasuniversidades não existe comprovação científica para a maioria desses tratamentos, então os resultados acabam dependendo da experiência clínica de cada profissional. Como eles são caros é muito importante que você só realize se tiver absoluta confiança no médico que está lhe indicando para que você não gaste dinheiro por algo que pode não funcionar.

Outra solução, especialmente para o rosto e para quem não tem uma flacidez tão pronunciada é usar cremes que contenham os seguintes ingredientes:

• Liftline: Extraído das proteínas do trigo e eficaz em concentração entre 3 e 5%.
• Tensine: Também extraído do trigo eficaz em concentração acima de 5%
• Raffermine: Retirado da membrana da soja,com efeito mais a longo prazo,e usado em concentração de 1 e 2%.
• Coup D´Eclat: para ser usado no corpo contendo lasinium C a 1%, exsyprotein a 2% e destilado de hamamelis a 25%.
• DMAE: O mais conhecido, retirado de peixes de água salgada em fórmulas de 3% a 10% com efeito firmador imediato e a longo prazo.

Abaixo alguns produtos prontos para controlar a flacidez mais interessantes do mercado:

Natura Sérum Intensivo de tratamento anti-sinais com concentrações clínicas dos principais ativos no combate ao envelhecimento: 5% de Vit C Pura e 5% de Elastinol. R$ 132, 20

Liftactiv Pro FPS 15 205g – Vichy R$ 108,11

Substiane – La Roche-Posay R$ 133,20

Complete Lift Noite, 50ml – ROC – Creme Hidratante Noturno com Efeito Lifting R$111,88

Renew Clinical Thermafirm Lifting Creme Facial R$ 62,00

Isotopic – 50ml – Melora Derme – Creme Rejuvenescedor Facial R$ 102,31

Rénergie Nuit Régénérant – Raffermissant – Anti-Rides 50ml – Lancôme R$ 381,00

Esses produtos são considerados dermocosméticos, ou seja, foram feitos estudos clínicos para comprovar a sua eficácia. Porém os estudos são feitos pelas próprias empresas com um número reduzido de voluntárias (em geral em torno de 50). Não há comparação com cremes tipo placebo (sem princípio ativo para tirar o efeito psicológico na voluntária) nem com outros produtos do mercado. O grau de satisfação em geral é ótimo, mas fica difícil comparar, por exemplo 90% das voluntárias que usaram o Substiane da La Roche-Posay disseram que sentiram a pele mais firme depois de 2 meses de uso, exatamente o mesmo percentual de satisfação das que usaram o Renew da Avon. Para ter sucesso com esse tipo de produto então é necessário primeiro consultar um médico, já que em geral são produtos que são péssimos para quem tem a pele oleosa sujeita a acne, por exemplo. Depois de garantir que o produto não fará mal só testando na pele ou esperando que mais estudos sejam feitos para assegurar que esses ingredientes são realmente eficazes. Como eles são, na grande maioria, indicado para quem tem pelo menos 50 anos acho que para grande parte das leitoras o melhor é esperar mesmo antes de ir testando, até porque são bem carinhos.

Se você não aguenta aguardar tem como opçaõ os produtos com o chamado Efeito Cinderela (para usar antes das festonas importantes e dar aquele up no rosto cansado). Eles em geral tem pouco efeito na flacidez no longo prazo mas funcionam como uma maquiagem para a flacidez do rosto.  Algumas opções deles:

Gostou da idéia mas achou caro? A dermatologista Dra. Ligia Kogos ajuda: “O tensine pode ser preparado como um creme em qualquer farmácia de manipulação. Peça para formular 5% de Tensine, 5% de Liftline, em uma loção cremosa oil free”. Creminho na mão, é só aplicar no corpo minutos antes do desfile. No desespero vale até apelar para o laquê que Dra. Ligia confirma. “Ele provoca o mesmo efeito magipack. Mas fique atenta a possíveis alergias. Ele não foi feito para seu utilizado na pele, e sim nos cabelos”, alerta. Na dúvida eu acho melhor não hein…não venham reclamar depois!

Ah sim, antes que eu me esqueça dizer a gelatina (em cápsulas ou ao preparada) infelizmente não combate o efeito gelatina da flacidez, sorry!

Em tempo: Fui escrevendo, pesquisando e esse post foi crescendo e ficando gigantesco! E o pior é que ele ainda é superficial e tem muita coisa para falar do assunto, alguns ingredientes que eu vou detalhar melhor, outros que eu nem citei ainda, além de uma série de procedimentos novos, enfim. Então considere como um post introdutório sobre o assunto. Quem tiver dúvida pode perguntar aqui ou esperar porque eu ainda vou escrever bastante sobra flacidez, tanto do rosto quanto do corpo.

Veja mais o que já foi falado sobre envelhecimento:

Ácido glicólico mais uma arma contra as cicatrizes, manchas e envelhecimento da pele.

A mágica da vitamina C na pele.

Ácido retinóico: a vitamina que faz maravilhas para a pele.

Argireline (como funciona o Botox light)

Pílulas da beleza

Read Full Post »

Já falei aqui no blog sobre as indicações e o funcionamento do ácido retinóico . Dado o grande interesse do respeitável público em saber mais sobre o assunto (o post de ácido retinóico é o mais visitado do blog – valeu Ciça!) decidi falar então sobre outros ingredientes que são parecidos, mas que tem características diferenciadas, e escolhi o ácido glicólico para começar.O ácido glicólico é um alfa-hidróxi-ácido (ok, o que exatamente isso significa não faz muita diferença). Assim como outros ácidos orgânicos como o lático, tártarico, cítrico e o málico, ele é derivado de alimentos, no caso da cana-de-açúcar. Entre os outros ácidos citados, o glicólico é o que tem a menor estrutura molecular e assim, melhor absorção pela pele.

O ácido glicólico puro tem pH (índice de acidez) próximo a 1,0 (ou seja, ele é muuuito ácido), e por isso tem que ser neutralizado (isto é, diluído) para ser usado dermatologicamente (ou não seria tolerado pela pele).

Vem da cana-de-açúcar um dos ingredientes mais usados pelos dermatologistas.

Vem da cana-de-açúcar um dos ingredientes mais usados pelos dermatologistas.

O ácido glicólico tem o poder de atuar aumentando a estrutura da epiderme (a camada mais externa da pele), da derme, e do colágeno, sendo eficiente para reverter os danos causados pelas cicatrizes da acne, bem como do fotoenvelhecimento cutâneo (melhora da textura e coloração e diminuição das rugas). O ingrediente também tem ação esfoliante, assim, além de estimular as células mais jovens, ele também ajuda a penetração de outros produtos na pele (como a vitamina C , por exemplo). Além do rosto o produto também pode ser usado no corpo para redução das estrias recentes (aquelas vermelhas).

Ao contrário do ácido retinóico, (que é sempre considerado medicamento e toda vez que aparecer na composição de um produto ele passa a ser considerado um medicamento e necessita, portanto, de prescrição médica) o ácido glicólico dependendo da sua concentração pode ser encontrado em cosméticos, em dermocosméticos (com eficácia comprovada através de estudos clínicos) e medicamentos. O ingrediente pode ainda ser usado em procedimentos realizados por médico dermatologistano consultório como peelings superficiais e médios.

Se comparado ao ácido retinóico, o glicólico costuma oferecer menos efeitos colaterais e, em contrapartida, ser menos eficiente. Ele é especialmente indicado para pessoas que tendência à formação de talangeictasias (que são pequenas varizes avermelhadas que aparecem na pele) já que elas aumentam com o uso de ácido retinóico (clique e leia estudo completo sobre o assunto se quiser se aprofundar).

Assim como diversos outros ácidos, inclusive o retinóico, a pessoa que está usando produtos a base de ácido glicólico deve evitar ao máximo a exposição ao Sol e usar sempre protetor solar .

Diacneal da Avéne é um dos dermocosméticos que contém Ácido Glicólico na sua composição.

Diacneal da Avéne é um dos dermocosméticos que contém Ácido Glicólico na sua composição.

Como peeling superficial o ácido glicólico pode ser usado nas concentrações entre 40 e 70%, devendo permanecer na face por cerca de 5 minutos, sendo depois neutralizado. Para um peeling médio ele pode ser usado na mesma concentração por um tempo maior (não passando de 20 minutos), segundo o site da dermatologista Denise Steiner .
No mercado existem diversos produtos contendo o ácido glicólico, além daqueles que podem ser formulados pelos médicos.
O medicamento comercial pronto mais conhecido é o Glyquin XM que contém ácido glicólico a 10% e hidroquinona (um agente clareador) e é especialmente indicado para clareamento de manchas como melasma .

Entre os dermocosméticos é bastante prescrito o Diacneal da Avéne , que contém ácido glicólico a 6% (eu uso é gosto bastante!). Tem também o Dermage Clarité peeling off , entre uma série de produtos que contém o ingrediente na sua composição.

É importante sempre lembrar que apesar de existirem diversos cosméticos e dermocosméticos contendo o ácido glicólico em sua composição o ideal é que esses produtos sejam prescritos por um médico dermatologista (o que é obrigatório no caso dos medicamentos). Ele pode avaliar se o produto é mesmo o melhor para o seu tipo de pele, bem como qual a concentração é a mais adequada, afinal usar a sua pele como pista de teste de produtos de beleza não é uma boa idéia, né?

Read Full Post »

As pessoas mais esotéricas acreditam muito no poder dos cristais, que são usados desde a antiguidade para harmonizar as esferas físicas, psicológicas e espirituais do organismo. Já as pessoas mais tradicionais sabem da elegância e sofisticação que o material leva. Mas não é sobre esse tipo de cristal que vou tratar nesse post e sim sobre micro partículas de cristais de alumínio usados para embelezar a pele.

Trata-se de um procedimento que já é conhecido desde a década de 30, mas que a partir dos anos 90 foi retomada por médicos europeus e que daí se disseminou pelo mundo: o peeling de cristal, também chamado de peeling da hora do almoço.

O peeling de cristal é rápido, não dói e já dá resultado na primeira sessão.

O peeling de cristal é rápido, não dói e já dá resultado na primeira sessão.

Conhecido pelos médicos com o nome de microdermoabrasão, a técnica consiste em esfoliar a pele com um aparelho que emite cristais de hidróxido de alumínio e ao mesmo tempo aspirar junto com ele as impurezas que estão na superfície da pele. Sabem aquelas marquinhas que dão vontade de pegar uma lixa para ver se sai? Então é para essas que existe esse “lixamento” profissional.

Além de deixar a pele mais bonita a microdermoabrasão ainda aumenta os efeitos dos tratamentos com cremes.

Além de deixar a pele mais bonita a microdermoabrasão ainda aumenta os efeitos dos tratamentos com cremes.

O procedimento é rápido, dura cerca entre 15 e 20 minutos. A pessoa que está aplicando pode controlar a intensidade da esfoliação (normalmente começando com uma forma mais leve). Não é dolorido, já que é superficial. Normalmente a paciente pode retomar as suas atividades assim que sair da sessão (em geral são indicadas entre 3 a 10 dependendo da indicação), mas pode ficar uma vermelhidão momentânea na pele. Os principais cuidados após o tratamento são manter a proteção solar (evitando a exposição intensa) e hidratar a pele (que pode ficar mais sensível).

A vantagem do tratamento é que ele começa a dar resultado já a partir da primeira sessão, quando é possível sentir a pele mais lisa e sedosa. Adoro!

A esfoliação da camada superficial estimula a produção de colágeno e a renovação celular das camadas mais internas da pele. Por isso o peeling de cristal está indicado para combater os efeitos do fotoenvelhecimento, manchas, cicatrizes de acne, e estrias e rugas finas.

Além disso, por deixar a pele mais fina, após o peeling de cristal os tratamentos com cremes e loções tentem a funcionar de maneira mais eficaz. O preço das sessões costumam variar de acordo com o profissional e ficam em torno de R$ 200,00.

Se você quiser algo mais glamuroso, pode experimentar o Whine Peel, que além da esfoliação também é aplicado na pele do paciente um ácido de uva, vinho tinto e vinho branco (me deu até vontade 😉 favorecendo ainda mais o efeito antioxidante já que a uva contém polifenóis que combatem os radicais livres. Mais detalhes no site derme  (não consigo colocar o link completo então quem quiser tem que entrar no site clicar em tratamentos faciais e depois Micropeel).

Se você é adepta do faça você mesmo existe uma opção caseira da Neutrogena que custa US$ 30,00. O produto foi avaliado por 54 usuário do site acne.org recebendo notas 3,6 de funcionamento e 3,5 de preço (numa escala de 0 a 5). Eu pedi para o marido trazer para mim de viagem e assim que eu testar eu venho contar. Diz na embalagem que 11 aplicações em casa correspondem aos efeitos de duas sessões profissionais. Veremos!
O que já falamos no blog sobre tratamentos para
Acne
Estrias
Manchas

Peelings em casa

Read Full Post »

 

Os peelings químicos , usados há muito tempo por dermatologistas para diminuir as marcas deixadas pela acne, pelo sol ou pelo tempo, ganharam versão cosmética. Os produtos ajudam a reproduzir em casa os tratamentos feitos em consultório. Então se você é como eu, que tem preguiça de sair de casa e é adepta do faça você mesmo (eu gosto até de fazer as minhas unhas…) vale a pena tentar! Se não quiser arriscar sozinha, chama as amigas como sugerimos aqui .
A principal diferença entre os cremes e os procedimentos feitos por especialistas fica por conta da concentração dos princípios ativos (10% para os cremes, contra 20% a 70% para as fórmulas usadas nos consultórios). Se a formulação é mais suave, os efeitos esperados têm de ser mais modestos. Não existem ainda estudos científicos específicos que testaram os efeitos dos peelings cosméticos, os estudos são relacionados com as concentrações usados pelos médicos em consultório.

Os peelings feitos com cosméticos fazem uma esfoliação intensa da camada superficial da pele, estimulando a renovação celular, iluminando o rosto. Mas esse tratamento caseiro não consegue alcançar as camadas mais profundas da pele, portanto não elimina rugas profundas.
Quem optar por esse tipo de tratamento não pode se esquecer de proteger a pele diariamente com filtro solar.

Veja aqui estudo comprovando a eficacia dos peelings superficiais e aqui sobre peelings químicos em dermatologia estética

O que existe no mercado:

Avon Renew Clinical Peeling Facial em 2 Etapas R$ 58,00. Eu testei e gostei bastante do resultado, minha pele ficou mais lisa e os poros mais fechados.

Segundo a Avon o produto trouxe os seguintes resultados:
Em 1 aplicação
– Pele macia e luminosa.

Em 1 semana
– Reduz linhas finas.
– 100% das pessoas que usaram notaram melhora na textura e diminuição dos poros dilatados.
– 81% observaram melhora na luminosidade da pele.

Com o uso contínuo
– Minimiza imperfeições da pele, causadas principalmente pela exposição solar.
– 2 em cada 3 mulheres perceberam uma redução das hiperpigmentações.
– 81% notaram redução nas rugas.
– 91% observaram melhora no tom de pele.

Arazime  R$ 298,99 (vem com 3 produtos mais um DVD explicando como usar)

Clarins doux peeling visage R$ 86,01

Line peel (pele normal e mista Biotherm) os preços variam muito o mais barato que eu encontrei foi aqui R$ 166,00 (seca) R$ 121,00 (noite)

Nu skin Cell Renewal Fluid – Fluido para Renovação Celular.Importados
Versões de uso professional na Amazon com concentração semelhante a usada em consultórios.

Neutrogena

L Oreal

Mais sobre peelings em casa nessa matéria da Revista Marie Claire.

Read Full Post »