Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Clarisonic’

Eu pedi sugestões no twitter (ainda não segue? Tá esperando o que…www.twitter.com/bulledebeaute) e várias leitoras pediram a minha opinião sobre a “febre do clarisonic” então vamos lá.
Primeiro aos fatos:
Não há nenhum estudo científico que comprove o benefício do produto comparado a limpeza normal da pele. O único estudo publicado sobre o assunto, de 2006 no J. Of Cosmetic Dermatology, foi patrocinado pelos fabricantes do produto e concluem a eficiência do produto na limpeza da pele, mas sem comparar com o bom e velho combo sabonete+esponja.
O que dá pra concluir após o uso do produto e a leitura de uma série de resenhas sobre ele é o seguinte:
– O clarisonic limpa bem mesmo a pele.
– Após o uso quase todo mundo relata uma sensação de pele limpa e macia.
– A escovinha vibra e não gira, então a força quem coloca é quem está usando, sendo assim mesmo quem tem a pele mais sensível e fina pode usar, é só manter a delicadeza.
O que ainda não está comprovado:
– o fabricante diz que o clarisonic diminui os poros e reduz os pontos pretos. Não tem nenhum estudo que comprove isso e as resenhas das pessoas que usaram também não confirmam.
– é possível que a “massagem” na pele que o clarisonic faz estimule a produção de colágeno pela pele melhorando a sua elasticidade. Faz sentido, mas de novo não há comprovação.
O que precisamos levar em conta também:
– É um “brinquedinho” caro, as versões varia, de 130 a 200 dólares dependendo do tamanho e velocidades disponíveis.
– Como qualquer tratamento de beleza, os resultados só aparecem com disciplina. Então se você é do tipo que compra um aparelho e esquece em cima da pia depois de uma semana de uso, melhor economizar o seu dim dim.
No final das contas: é um aparelho interessante que pode ajudar a manter uma rotina legal de limpeza da pele. Não é imprescindível, nem muda a vida.

Read Full Post »