Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Massagens’ Category

Hoje é sexta-feira!! É claro que a maioria dos mortais (bom, pelo menos aqueles que não possuem filhos…) está planejando as melhores baladas para o final de semana. Mas todo mundo sabe que os excessos dessas noitadas que incluem noites mal dormidas, álcool, ambientes lotados de fumaça de cigarro, entre outras coisitas acabam dando uma aparência não muito boa para a pele.

Então para ajudar a recuperar a sua pele da ressaca vou postar umas dicas para desintoxicar a sua beleza (é claro que você pode até aproveitar para seguir as dicas no final de semana, ou se preferir, deixar para ler esse tópico na segunda feira…).

 

Baladas são mesmo uma delicia...

Baladas são mesmo uma delícia...

– Passar 24 horas comendo apenas frutas é uma maneira rápida de desintoxicar o organismo (quem aqui é da época da dieta da lua?). Se conseguir fazer isso uma vez por semana, ou vá lá, por mês, já é uma excelente ação desintoxicante e contra o excesso de radicais-livres presentes na pele (e de quebra dá uma emagrecida).

 

– Esfoliar a pele é uma maneira ótima de estimular o sistema circulatório e linfático, e de quebra ajuda a eliminar as células mortas e estimula a renovação da pele. Só cuidado para não exagerar, esfoliar demais pode gerar uma oleosidade excessiva de rebote como pode também ferir a pele.

– Hidrate, hidrate e hidrate, tanto por dentro quanto por fora. Beber bastante água é a maneira de evitar os efeitos da ressaca (também na pele), usar hidratantes indicados para o seu tipo de pele (mesmo para quem já tem a pele oleosa) mantém a pele saudável e luminosa mesmo depois de uma balada forte. Água termal também tem um efeito recuperador instantâneo anti-ressaca na pele.

– Evite consumir produtos com cafeína, troque por alguns dias o cafezinho por um chá verde e a sua pele agradecerá. A cafeína atua como vasoconstritor e o seu consumo excessivo diminui a quantidade de oxigênio que chega até a pele. Resultado: envelhecimento.

– Uma massagem relaxante, ou uma drenagem linfática também são, além de deliciosas, uma maneira excelente de eliminar as toxinas indesejadas que as baladas trazem para o nosso corpo.

– Faça exercícios. Caminhadas e exercícios aeróbicos ajudam a manter a oxigenação na pele ao mesmo tempo em que ajudam a eliminar toxinas. Exercícios como ioga, alongamento ginástica localizada mantém não só a calma mas ajudam na elasticidade e na tonificação tanto dos músculos quanto da pele.

– Por fim não esqueça de dar um carinho especial para os seus pés, um escalda-pés por exemplo é uma maneira excelente de dizer obrigada para aquele que aguentou horas e horas um sapato de salto altíssimo.

 

Mas desintoxicar não é necessariamente um sacrificio!

Mas desintoxicar não é necessariamente um sacrifício!

 

Bom final de semana!

Read Full Post »

Chegou a hora de dar descanso para as botas!

Chegou a hora de dar descanso para as botas!

Todo inverno é a mesma coisa: botas e sapatos fechados desfilam pelas ruas das cidades. Para evitar o pé frio há quem não dispense as meias nem na hora de dormir (eu acho anti-sexy demais, mas tem noites que o frio é tanto que eu mando as convenções para as cucuias e se tivesse usava até pijama com pezinho).
Mas quando a temperatura vai aumentando a moda chega com muitas sandálias, rasteirinhas, havaianas, tudo que deixa os pés a mostra, então melhor começar a cuidar deles desde já, né?

Os pés são muitas vezes desprezados por estarem lá no extremo Sul do corpo, mas é uma parte do corpo importantíssima: tem função de sustentação (todo o nosso corpinho é apoiado nos pés), de locomoção (óbvia), estética e até sexual (muita gente é fascinada por pés, lembro quando meu marido trabalhava na Playboy choviam cartas revoltadas quando não aparecia nenhuma foto dos pés da moçoila pelada). São, enfim, tão importantes para a beleza quanto as mãos.

Para a medicina oriental os pés são um microcosmo do corpo e a reflexologia procura tratar o paciente através de massagens em áreas específicas do pé. Isso sem falar na sua função nos contos de fada: já imaginaram o que seria da Cinderela se ela tivesse um pé cheio de calosidades e ainda por cima com chulé? Então mesmo que você já tenha encontrado o seu príncipe encantado é fundamental cuidar dos pés!

Esfoliação sempre cai bem ainda mais se for feita pelo principe encantado!

Esfoliação sempre cai bem ainda mais se for feita pelo príncipe encantado!

Cuidados básicos: Se você não tem nenhum problema específico nos pés esses são os cuidados que devem ser seguidos para mantê-los saudáveis:
1. Lavar bem os pés diariamente (o que significa esfregar bem os dito-cujos, com bucha, água e sabão).
2. Secar bem depois de lavar especialmente entre os dedos.
3. Se for usar um chuveiro público, como na academia, fique sempre de chinelo.
4. Corte as unhas pelo menos cada 15 dias, sempre retas, sem arredondar (para evitar encravá-las).
5. Evite o uso de sapatos e tênis sem meias (e quando puder use meias de algodão).
6. Evite usar sapatos de bico fino (eu além de tudo acho feio, mas aí é questão de gosto). Eles não são anatômicos e já está provado que o seu uso constante é a principal causa de joanetes.
7. Faça uma esfoliação no pé uma vez por semana (é melhor do que lixar que pode resolver temporariamente mas piorar o problema no longo prazo – se mesmo assim você quiser lixar ou usar pedra -pomes faça com delicadeza) e depois use um creme hidratante (os a base de uréia são ótimos para a região).
8. Leve o seu próprio kit quando for fazer os pés fora de casa.
9. Não esqueça o protetor solar nos pés principalmente quando for ficar ao ar livre com eles expostos.

E para resolver os problemas que mais afetam os nossos pés, tem aqui algumas dicas:

Chulé: Eu tenho uma amiga que sempre acabava os seus comentários mandando Beijos nos Pés, e eu

só com havaianas!

Vestiário: só com havaianas!

quando olhava para os meus sempre ficava imaginando que ela não sabia o que estava falando! O chulé, chamado cientificamente de bromidrose é resultado de uma proliferação excessiva de bactérias e fungos na região. Em geral quem segue direitinho as regras básicas não tem chulé, mas existem pessoas que tem uma transpiração acima do normal na região. Para elas são indicados talcos e desodorantes anti-sépticos específicos para a área dos pés. Se nem isso resolver o problema é interessante procurar um dermatologista já que o problema pode ser crônico e você esteja com algum tipo de micose, por exemplo. 

 

 

Pés frios (ou cansados): Não isso não é uma dica as pessoas que são azaradas crônicas e sim para aquelas que se incomodam com o frio da região, que é causado pela concentração do calor na parte superior do corpo. Para melhorar a sensação o melhor é fazer o famoso escalda pés, deixando os pés imersos em uma bacia com água morna e sal marinho (ou grosso mesmo) por cerca de 15 minutos (se quiser incrementar coloque no fundo umas bolinhas de gude para massagem) e por fim aproveite para fazer uma boa esfoliação.

Calos: Os calos são resultado de uma pressão anormal de determinada área do pé, causada por calçados inadequados ou alguma alteração óssea. O pedicuro pode reduzir a pressão eliminando parte do calo e
Deixe os sapatos de bico fino para matar as baratas no canto da sala!

Deixe os sapatos de bico fino para matar as baratas no canto da sala!

diminuindo a dor do paciente, mas a tendência é sempre do calo voltar a não ser que a pessoa use sapatos adequados (com palmilhas) ou que seja feita a correção cirúrgica do osso afetado, o melhor a fazer se o problema te incomoda é procurar um ortopedista especializado em pés para dar uma orientação adequada para o seu caso.

Joanetes: Joanete só tem cura através da cirurgia (que só é indicada nos casos mais graves), portanto o melhor a fazer é prevenir. O principal fator de prevenção é evitar os sapatos de bico fino e salto muito alto (por causa deles as mulheres têm 20 vezes mais joanetes do que os homens). Além disso, vale a pena fazer ginástica para os pés, são dois exercícios bons para prevenção: no primeiro contraia as pontas dos dedos como se fosse pegar alguma coisa com os pés, no segundo apóie o calcanhar no chão e levante a parte da frente para cima. Repita cada um cerca de 10 vezes por dia.

Micose nos pés: se você tem as famosas frierias ou sofre com pé de atleta (ambas causadas por fungos) o melhor mesmo é procurar um médico, já que elas podem ser tratadas somente com antifúngicos locais, demorando cerca de 40 dias para regredir o quadro da infecção. Se as micoses são nas unhas o tratamento é mais longo e mais difícil podendo levar 12 meses. Para prevenir seguir as regras básicas lá do comecinho são fundamentais.

Alguns produtos bacanas

Eurecim creme uréia 10% para os pés

Linha completa para os pés da Avon

Ox desodorante para pés e pernas

Vitaderm beauty med creme relaxante para pés e pernas

La Roche-posay 

Ainda bem que Cinderela mantinha os seus pezinhos em dia!

Ainda bem que Cinderela mantinha os seus pezinhos em dia!

Mais da série prepare-se para o verão

Prepara-se para o verão parte I: Depilação a laser

Prepare-se para o verão parte II: Escolha seu protetor solar 

Read Full Post »

Qualquer pessoa que já procurou algum centro de estética sabe que a drenagem linfática faz parte de qualquer pacote de tratamento, independente das queixas das pacientes. Eu costumo desconfiar dos remédios que são indicados para tratar desde dor de dente até unha do pé encravada, então fui atrás de informações sobre esse coringa dos tratamentos de beleza.
A drenagem linfática ajuda a eliminar o excesso de água no organismo sem dor.

A drenagem linfática ajuda a eliminar o excesso de água no organismo sem dor.

Em primeiro lugar é importante saber o que é o sistema linfático. Quem já está cansado de saber, pode pular esse parágrafo, mas como eu não sabia o que queria dizer linfa antes de entrar na faculdade de medicina acho (o sistema não ganhou status de matéria que costuma cair nos vestibulares) que vale a pena explicar. Além de um sistema de vasos sanguíneos o nosso corpo possui um sistema de vasos linfáticos. Como funciona isso? É assim: uma parte do plasma (a parte líquida do sangue) que chega nos capilares (os vasos sangüíneos mais finos) transborda entre as células dos órgãos, músculos e outros tecidos. Esse líquido é chamado líquido intersticial. Junta-se a ele as toxinas liberadas pelas células e se forma a linfa, que vai então ser absorvida nos vasos linfáticos. Da mesma forma que as veias, os vasos linfáticos vão ficando cada vez mais grossos, até desembocarem na veia cava e entrarem no coração, voltando assim à circulação sanguínea. Do coração, o sangue vai para todos os órgãos inclusive os rins, onde é filtrado e formada a urina, que será eliminada. Também viajam pelos vasos linfáticos, além das toxinas, os microorganismos que causam doenças, como vírus e bactérias. Por esse motivo a natureza colocou no sistema linfático uma espécie de blitz: os linfonodos. Nessas blitz ficam concentradas as células de defesa do organismo, que param e combatem os agentes que causam doenças ou mesmo células cancerígenas nocivas ao organismo.

Entendido o que é linfa e sistema linfático é fácil compreender o que pode dar errado: o líquido se acumular causando inchaço. Ele pode se acumular por diversos motivos por exemplo a quantidade de sangue pode aumentar (como ocorre na gravidez) e mais líquido transbordar para os tecidos, ou pode haver uma maior produção de líquido local o que ocorre nos inchaços causados por inflamação.

O que a drenagem linfática faz então? Como o próprio nome diz, ela drena esse líquido que está acumulado entre as células para os vasos linfáticos e deles até o coração. Só isso. E é bastante.

Com isso fica claro que a drenagem linfática (técnica manual criada pelo biólogo dinamarquês Emil Vodder e sua esposa Estrid Vodder em 1936) é indicada para os casos onde há retenção de água no corpo (se não tem líquido sobrando não tem o que drenar).

A drenagem linfática, que faz parte de qualquer pacote de tratamento estética, pode ser um bom coadjuvante no combate à celulite.

A drenagem linfática, que faz parte de qualquer pacote de tratamento estética, pode ser um bom coadjuvante no combate à celulite.

Os artigos científicos que comprovam a sua eficiência falam do uso da técnica em linfedema (que é o inchaço causado pelo excesso de linfa) e em processos inflamatórios pós-cirúrgicos (depois de uma cirurgia é normal acumular líquido nos tecidos lesados, já que o corpo entende a cirurgia como uma agressão e manda os seus soldadinhos de defesa para o local). Também ajuda quando o próprio sistema linfático está comprometido em seu funcionamento. Se a circulação da linfa estiver prejudicada por algum motivo, ela se acumulará, causando o inchaço e impedindo a limpeza adequada do organismo.

Então uma primeira coisa pode ficar bem clara: a massagem drenagem não emagrece. Isso quer dizer que não se perde gordura através da massagem. Mas se as medidas mais cheinhas são causadas por acúmulo de água, aí sim pode haver uma redução das medidas.

Já se o problema for celulite (que é uma inflamação do espaço ao redor das células adiposas que não diz respeito a aumento de gordura, embora esteja muito relacionada à obesidade) a drenagem linfática funciona mais como uma técnica preventiva já que ela evita que esse excesso de água cause uma inflamação no tecido gorduroso, mas ela, sozinha, não acaba com a celulite.

A drenagem linfática é indicada para diminuir a retenção de liquido na gestação, mas é preciso buscar um profissional bem formado especializado em trabalhar com grávidas.

A drenagem linfática é indicada para diminuir a retenção de líquido na gestação, mas é preciso buscar um profissional bem formado especializado em trabalhar com grávidas.

A drenagem linfática costuma ser muito indicada na gestação. Ela é considerada o melhor tratamento estético para grávidas já que a retenção de líquido aumenta muito nessa fase da vida da mulher, isso porque para dar conta do feto o volume sanguíneo da mãe aumenta entre 30% a 50% facilitando que uma parcela maior transborde nos capilares e vire inchaço.

Mas é preciso muito cuidado. A drenagem linfática se aplicada de forma errada durante a gestação pode desencadear contrações uterinas e levar a trabalho de parto prematuro. Por isso é sempre bom consultar a sociedade brasileira de medicina estética (www.sbe.org.br) para buscar um profissional bem capacitado.

Aliás, esse é o principal problema da drenagem linfática: ela pode ser encontrada em qualquer lugar por qualquer preço. Então desconfie dos preços muito baratos e procure (mesmo nos caros) saber como foi formação da pessoa que irá realizar a massagem (lembre-se, a maioria das pessoas nem sabe o que significa linfa…).

Se mal aplicada a drenagem linfática pode causar danos aos vasos linfáticos. Se eles rompem, mais líquido é extravasado e o problema piora, lógico. Esse estudo aqui mostra que a técnica aplicada de forma muito vigorosa pode romper os vasos.

Então a segunda informação importante é essa: drenagem linfática não dói. O profissional faz pressões leves em todo o corpo para drenar esse líquido. Tem gente que acha que por isso não foi bem feita, mas é o contrário. Se você sair com manchas roxas depois de uma sessão de drenagem linfática alguma coisa está errada.

Além de bem aplicada é importante estar alerta para as contra indicações. A primeira são infecções. Lembra que no meio dos vasos linfáticos existem as blitz do sistema de defesa, os linfonodos? Então se uma pessoa está com uma infecção e recebe uma drenagem linfática essa infecção que estava localizada pode se espalhar pelo organismo, piorando o estado geral do paciente. Se a pessoa tem suspeita de tumor, fica óbvio que não vale a pena sair espalhando células cancerígenas pelo corpo, certo?

Mais sobre tratamento contra celulite no blog aqui

Estudos científicos sobre drenagem linfática

Drenagem linfática na pós cirurgia na face
Drenagem linfática pós-mastectomia

Drenagem linfática na revista Boa Forma
Outro site com uma matéria boa sobre o assunto.

Read Full Post »