Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Alimentos’ Category

Homem é constante, mulher é variável! Essa frase eu ouvi na época que eu fiz cursinho pela primeira vez (lá no século passado, rsrsrsrs, pior é que é verdade). Mulher tem seu humor, libido, peso, temperatura, brilho de pele, enfim tudo variando ao sabor das flutuações hormonais que ocorrem durante o mês.

A antiga tabelinha pode ajudar você a atingir o peso ideal.

A antiga tabelinha pode ajudar você a atingir o peso ideal.

 

Foi baseado nessa idéia que a Rita Lobo do site Panelinha em parceria com o ginecologista Dr. Eliezer Berenstein desenvolveram a Dieta do Ciclo e criaram um livro que você pode baixar gratuitamente pelo computador.

 

A idéia básica é aproveitar as flutuações hormonais do ciclo menstrual para maximizar os efeitos de uma dieta para perder peso (afinal a maioria de nós tem pelo menos uns 2 quilos sobrando, não é mesmo?).

No livro você fica sabendo, por exemplo, que quando está menstruada a sua queima calórica dobra quando faz exercícios físicos, mas a sua necessidade de consumir alimentos mais substanciosos e ricos em ferro também fica maior nesse período.

Durante a ovulação, no meio do ciclo, a nossa libido vai lá em cima, a vontade de malhar também aumenta, enquanto a gula diminui (é a natureza dando uma força para aumentar a reprodução). Nem preciso falar que na TPM a vontade de se afogar numa caixa de bombom de chocolate parece incontrolável e a chance de uma dieta dar certo quando começamos nessa fase são bem reduzidas (mas o livro dá umas dicas ótemas para superar também esse período sem detonar os ganhos no restante do mês).

Enfim, eu achei essa dieta bem legal: faz todo sentido cientificamente falando, é fácil de seguir, as receitas da Rita são deliciosas, tem opções para quem come fora de casa e vale mesmo para quem está no peso ideal, já que conhecendo o seu ciclo você fica sabendo quando pode abusar um pouquinho e quando é mais fácil fechar a boca! Clica lá.

Mais dicas do blog para comer bem e ficar bonita é só entrar aqui.

Read Full Post »

Hoje eu vou falar de um dos meus alimentos preferidos. Na gravidez da minha primeira filha eu achava que ia sentir desejo de chocolate, de churros ou de alguma fruta exótica tipo graviola só para sacanear ou meu marido. Que nada, eu queria mesmo era comer tomate! Isso mesmo, molho de tomate, suco de tomate, salada de tomate, sopa de tomate…tudo o que vocês podem imaginar com esse ingrediente maravilhoso eu comi na gravidez, em grandes quantidades. Deve ser por isso que eu tive uma filha tão linda (oi!).

Muito tomate para ficar belissima!

Muito tomate para ficar belissima!

Ao contrário do que se poderia imaginar o tomate não é nativo na Itália. Foi Cristóvão Colombo que levou as primeiras sementes do novo mundo apara a Europa ainda no século XVI.. Os Incas e os Astecas, habitantes, respectivamente, da América do Sul e do México, são os primeiros povos a levar crédito pelo consumo do tomate, por volta de 700 anos a.C. Inicialmente o tomate não assumiu qualquer papel relacionado à alimentação na Europa, ao contrário disso, acreditava-se que esta fruta era afrodisíaca ou até mesmo venenosa, e seu plantio era utilizado apenas para fins ornamentais. Essa monografia aqui conta toda a história do tomate e mais os seus benefícios para a saúde.

O tomate é a substância com maior concentração de licopeno, um carotenóide que tem o maior poder antioxidante (antioxidante é a palavra mágica para qualquer alimento ou cosmético capaz de retardar os efeitos do envelhecimento). Se você odeia tomate ainda pode obter licopeno em algumas frutas como melancia, acerola, goiaba, mamão, pitanga. Na pior das hipóteses até ketchup ta valendo 😉 As pesquisas só parecem não demonstrar eficiência da suplementação de licopeno em cápsulas, já que as evidências indicam que apenas o consumo isolado do licopeno não trouxe benefícios para a saúde.

A forma de consumo de tomate com maior quantidade de licopeno, segundo as pesquisas é o bom e velho molho. Isso porque quanto mais maduro o tomate maior a concentração de licopeno e ele é melhor absorvido cozido e junto com alimentos ricos em lipídios. Viva a pizza!

Uma delicia que embeleza com poucas calorias!

Uma delícia que embeleza com poucas calorias!

O papel antioxidante do licopeno traz uma série de benefícios para o funcionamento do nosso organismo. Estudos mostram que ele é capaz de reduzir os níveis de LDL (o chamado colesterol ruim), diminui o risco dos homens desenvolverem câncer de próstata, pulmão, estômago, mama (os quatro que mais matam no mundo) além de outros.

Na pele o consumo de licopeno (como de outros carotenóides) está associado a uma proteção sistêmica contra os danos provocados pelo excesso de exposição solar. Uma pesquisa comparou os níveis de beta-caroteno e de licopeno da pele humana antes e depois da exposição solar e conclui que ambos os ingredientes diminuíam a sua concentração, mas o licopeno diminui mais, o que demonstraria que ele é mais ativo como foto-protetor. Esse estudo também comprovou que o licopeno melhora a vermelhidão causada pela exposição ao sol.

Alguns estudos  têm testado a eficácia do uso do licopeno tópico, ou seja, em cremes diretamente sobre a pele com resultados positivos.

As pessoas, porém ainda devem achar meio esquisito passar produtos a base de tomate no rosto porque eu encontrei apenas dois cosméticos com o ingrediente. Um é o C+C Face Ligia Kogos nacional e o outro o Eminence Organic Skincare Tomato Lycopene Masque.

Melhor mesmo é consumir o ingrediente como os italianos, no molho ao sugo. Minha maior dificuldade nesse tópico foi selecionar apenas um prato com molho de tomate entre tantas delícias. Se for preparar o molho em casa apenas tome o cuidado de escolher os tomates bem maduros e lavar bem (já que no cultivo de tomate em geral são usados muitos agrotóxicos). Para os dias de pressa eu sugiro abrir uma lata de tomate pelado, jogar no liquidificador com uma pitada de sal, outra de açúcar e um punhado de manjericão e servir com um espaguete cozido al dente.

Ao contrário do que se pensa um prato de macarrão com molho de tomate não é um alimento muito calórico: 200 gramas de macarrão mais 100 gramas de molho contém cerca de 250 calorias (o mesmo que UM hambúrguer de carne – sem o pão ou qualquer complemento).

Se estiver mais inspirado você pode tentar fazer uma massa de pizza em casa , mas se a preguiça for grande mesmo o que não faltam são lugares que entregam pizza em casa né (pelo menos aqui em São Paulo). Aproveite que com essa desculpa o sabor vai ficar ainda melhor, e se juntar ainda os compostos fenólicos de um bom vinho tinto então, aí fechou! Viu como é possível ser linda e feliz?

Mais sobre alimentação e beleza nesse tópico aqui (ou então clica ali do lado em alimentação que você vai descobrir um monte de delícias que fazem bem para a pele e para a alma)

Read Full Post »

Hoje é sexta-feira!! É claro que a maioria dos mortais (bom, pelo menos aqueles que não possuem filhos…) está planejando as melhores baladas para o final de semana. Mas todo mundo sabe que os excessos dessas noitadas que incluem noites mal dormidas, álcool, ambientes lotados de fumaça de cigarro, entre outras coisitas acabam dando uma aparência não muito boa para a pele.

Então para ajudar a recuperar a sua pele da ressaca vou postar umas dicas para desintoxicar a sua beleza (é claro que você pode até aproveitar para seguir as dicas no final de semana, ou se preferir, deixar para ler esse tópico na segunda feira…).

 

Baladas são mesmo uma delicia...

Baladas são mesmo uma delícia...

– Passar 24 horas comendo apenas frutas é uma maneira rápida de desintoxicar o organismo (quem aqui é da época da dieta da lua?). Se conseguir fazer isso uma vez por semana, ou vá lá, por mês, já é uma excelente ação desintoxicante e contra o excesso de radicais-livres presentes na pele (e de quebra dá uma emagrecida).

 

– Esfoliar a pele é uma maneira ótima de estimular o sistema circulatório e linfático, e de quebra ajuda a eliminar as células mortas e estimula a renovação da pele. Só cuidado para não exagerar, esfoliar demais pode gerar uma oleosidade excessiva de rebote como pode também ferir a pele.

– Hidrate, hidrate e hidrate, tanto por dentro quanto por fora. Beber bastante água é a maneira de evitar os efeitos da ressaca (também na pele), usar hidratantes indicados para o seu tipo de pele (mesmo para quem já tem a pele oleosa) mantém a pele saudável e luminosa mesmo depois de uma balada forte. Água termal também tem um efeito recuperador instantâneo anti-ressaca na pele.

– Evite consumir produtos com cafeína, troque por alguns dias o cafezinho por um chá verde e a sua pele agradecerá. A cafeína atua como vasoconstritor e o seu consumo excessivo diminui a quantidade de oxigênio que chega até a pele. Resultado: envelhecimento.

– Uma massagem relaxante, ou uma drenagem linfática também são, além de deliciosas, uma maneira excelente de eliminar as toxinas indesejadas que as baladas trazem para o nosso corpo.

– Faça exercícios. Caminhadas e exercícios aeróbicos ajudam a manter a oxigenação na pele ao mesmo tempo em que ajudam a eliminar toxinas. Exercícios como ioga, alongamento ginástica localizada mantém não só a calma mas ajudam na elasticidade e na tonificação tanto dos músculos quanto da pele.

– Por fim não esqueça de dar um carinho especial para os seus pés, um escalda-pés por exemplo é uma maneira excelente de dizer obrigada para aquele que aguentou horas e horas um sapato de salto altíssimo.

 

Mas desintoxicar não é necessariamente um sacrificio!

Mas desintoxicar não é necessariamente um sacrifício!

 

Bom final de semana!

Read Full Post »

Eu já disse algumas vezes que, ao contrário do que diz o senso comum, o bronzeado não significa saúde e sim uma forma da pele demonstrar que está sofrendo. Por esse motivo que eu venho cultivando com afinco o meu branco-fantamagório. Mas vem chegando o verão, um calor no coração…e a maioria não consegue resistir à marquinha do biquíni. Ok, eu compreendo.Por esse motivo escrevo esse post para dar as dicas de alimentos que ao mesmo tempo em que aumentam a proteção solar, garantem um bronzeado mais duradouro.

Uma série de alimentos ajudam num bronzeado mais saudável e duradouro, mas para isso tem que começara comer já!

Uma série de alimentos ajudam num bronzeado mais saudável e duradouro, mas para isso tem que começar a comer já!

Vários alimentos contêm micronutrientes que ao serem ingeridos são distribuídos pelo corpo nos tecidos expostos à luz e com isso garantem uma foto-proteção sistêmica. O Beta-caroteno é um foto-protetor endógeno e como tal atua como um agente que previne contra os danos causados pelo excesso de exposição solar. Isso acontece porque uma vez ingerido o beta-caroteno é convertido em vitamina A, auxiliando na formação da melanina, o pigmento que dá cor à pele.

Os alimentos mais conhecidos que contém Beta-caroteno são as frutas e legumes vermelhos e alaranjados, em especial a cenoura, a abóbora e a beterraba. O beta-caroteno é a mais abundante e a mais eficaz provitamina A nos nossos alimentos.

O tomate também é rico em licopeno um beta-caroteno muito eficiente em relação à proteção solar.

Uma informação importante a respeito dos alimentos ricos em beta-caroteno é que eles protegem mesmo as partes do corpo que não costumam receber filtro solar, entre elas os olhos. Além disso tem uma função imunológica, fortalecendo as defesas do corpo contra infecções.

Os efeitos do consumo de uma dieta rica em beta-caroteno costumam aparecer em 10 a 12 semanas, então se você quer garantir um bronzeado mais bonito através da alimentação melhor começar agora!

Segundo os estudos mais recentes a proteção solar ocorre com o consumo de 15 a 30 mg por dia de beta-caroteno.

As melhores fontes de beta-caroteno são os vegetais e frutas de forte tom amarelo/laranja e os vegetais de folhas verde escuras (esses em menor quantidade):

Vegetais amarelos/laranja – cenoura, batatas-doce, abóbora, beterraba.

Frutas amarelo/laranja – melão, papaia, manga, carambola, nectarina, pêssego.

Vegetais de folhas verde escuras – espinafre, brócole, endívia, couve, chicória, escarola e agrião.

Outras boas fontes vegetais e frutas – aspargo, ervilha e ameixa.

Não se limite à cenourinha, existem maneiras deliciosas de consumir mais beta-caroteno!

Não se limite à cenourinha, existem maneiras deliciosas de consumir mais beta-caroteno!

O conteúdo em beta-caroteno de frutas e vegetais pode variar dependendo das estação e do grau de amadurecimento. A biodisponibilidade do beta-caroteno a partir das frutas e vegetais, depende do método de preparação antes da ingestão. Assim, quaisquer indicações relativas ao conteúdo em beta-caroteno dos alimentos são, deste modo, apenas valores aproximados.

Na pequena lista seguinte, o conteúdo em beta-caroteno é dado por 100g de substância.

Vegetais: cenoura (6,6mg), agrião (5,6mg), espinafre (4,9mg), brócole (1,5mg)

Frutas: manga (2,9mg), melão (2,0mg), e pêssego (0,5mg).

Esses alimentos perdem a estabilidade dos carotenóides com o envelhecimento, ou seja, frutas passadas contém menor quantidade da substância, o congelamento porém parece não alterar a eficácia do micronutriente nos alimentos.

Além da função foto-protetora os carotenóides também atuam como antioxidantes, ou seja, evitam os danos causados pelos radicais livres (presentes não só na pele exposta ao sol, mas também à poluição e ao cigarro).

Algumas pessoas acreditam também que o beta-caroteno seja um fator protetor para outros tipos de câncer, como de pulmão. Mas isso não ficou comprovado pelo estudo mais recente. O que parece é que as pessoas que consomem mais beta-caroteno tendem a ter uma alimentação mais saudável o que ajuda na prevenção de uma série de doenças.

Além de serem encontrados em produtos in natura existem também suplementos de beta-caroteno em cápsulas, mas se for consumir esse tipo de produto sempre é bom antes consultar um médico ou nutricionista.

Eu prefiro comer a minha quota com uma receita como essa:

E tem gente que prefere consumir beta-caroteno em cápsulas!

E tem gente que prefere consumir beta-caroteno em cápsulas!

BOLO DE CENOURA

3 cenouras médias
3 ovos inteiros
1 xícara de chá de oléo
3 xícaras de chá de farinha de trigo
2 xícaras de chá de açúcar
1 colher de sopa de fermento em pó

Cobertura:
1 colher de sopa de margarina
1/2 xícara de chá de leite
5 colheres de sopa de achocolatado
4 colheres de sopa de açúcar
Modo de preparo: Coloque os ingredientes no liquidificador, e acrescente aos poucos a farinha. Bata até que fique tudo bem misturado. Despeje em assadeira untada e enfarinhada. Leve para assar em forno médio até dourar. Espere amornar e desenforme. Cubra com a cobertura quente e sirva em seguida.

Cobertura: Misture todos os ingredientes leve ao fogo e deixe ferver até engrossar.
Artigo demonstrando o Licopeno do tomate como protetor solar (Alemanha 2006)

Carotenóides e flavonóides como proteção solar (Alemanha 2007)

Mais sobre alimentos que embelezam aqui em Beleza quem vem da mesa.

Mais da série preparativos para o verão:

Depilação à laser

Escolha seu protetor solar

Cuide bem dos seus pés!

Read Full Post »

Pra ficar bonita tem que sofrer? Muita gente acredita na verdade dessa frase, não é? Afinal, crescemos ouvindo isso. E de fato as mulheres, para se adaptarem aos rígidos padrões de beleza ditados em cada época, se submeteram vários tipos sofrimento. Do espartilho antigo à lipoaspiração atual existe uma infinidade de torturas que nós já praticamos.

As meninas desde de pequenas já ouvem quem mulher para ficar bonita tem que sofrer!

As meninas desde de pequenas já ouvem quem mulher para ficar bonita tem que sofrer!

Esse pensamento de hoje vai, porém na direção contrária. Para mim não há beleza sem prazer. Temos que buscar alternativas para nos cuidarmos e ao mesmo tempo estarmos felizes porque se não os resultados serão passageiros.

O exemplo mais óbvio é em relação ao peso ideal. Qualquer pessoa que fizer uma dieta à base de frango grelhado com alface vai emagrecer, claro. Mas quem agüenta comer algo tão insosso por mais de um mês? E aí quando a dieta acaba os quilos voltam mais rápido do que se foram. Então temos que descobrir uma dieta que ao mesmo tempo emagrece, dê prazer, aumente a energia e melhore o humor.

Por isso que o melhor livro que dieta que eu conheço é Mulheres francesas não engordam. A autora do livro sabe que a comida dá prazer, que um bom vinho dá prazer e que ninguém vive eternamente sem prazer. Então ela recomenda que a gente se jogue quando vale à pena e compense no dia seguinte (e não com alface, mas com comidinhas gostosas que não engordam…). Não quero dizer que esse livro é o melhor conselho de dieta para todo mundo, mas cada pessoa tem que descobrir o seu modo de atingir seus objetivos estéticos sem sofrimento, pois esse é o único jeito dele durar.

Atividade fisica prazerosa é para a vida toda e não só para o próximo verão!

Atividade física prazerosa é para a vida toda e não só para o próximo verão!

O mesmo vale para o exercício físico. Se exercitar tem que equivaler a fazer amor com o próprio corpo (aliás já disse que sexo embeleza, lembram?). Algumas pessoas conseguem isso numa sala de musculação de academia, mas a maioria não. Então descubra o tipo de atividade física que te dá prazer e aposte nela, pode ser caminhar na praia, sair para dançar, andar de bicicleta (seja pela cidade seja numa bicicleta ergométrica assistindo o seu seriado preferido), praticando algum esporte competitivo, enfim, só você pode dizer. Agora eu digo o seguinte: se for uma tortura não vai durar.

Outras resoluções de saúde e beleza também passam pelo prazer. Me lembrei de uma consulta médica que eu acompanhei com um professor terrorista que dizia para o paciente “se o senhor não parar de fumar, o senhor vai morrer” no que o paciente, do alto da sua sabedoria de quem nem tinha o curso fundamental completo, respondeu “e o dotô não vai?” É por isso que quando eu vou recomendar para um paciente deixar de fumar eu não foco nos malefícios do cigarro (isso todo mundo sabe…) eu foco no prazer que será poder sentir melhor o cheiro da comida saindo do forno, o aroma da mulher amada, ter mais fôlego para fazer as atividades prazerosas, ficar com a pele mais jovem e bonita.

Comer bem com prazer é o segredo pra manter o peso para sempre.

Comer bem com prazer é o segredo pra manter o peso para sempre.

É claro que tem algumas coisas que não tem jeito. Deve ter gente que consegue ter prazer numa sessão de depilação com cera quente (a experiência me mostrou que tem louco para absolutamente tudo nesse mundo), mas para a maioria depilação é sinônimo de dor. Se para você a dor é insuportável: desista. Troque a depilação por lâmina, creme depilatório, junte grana para depilação a laser, sei lá. Agora se for suportável tente deixar o programa mais bacana: tome um vinhosinho antes para dar aquela relaxada e marque para o mesmo dia algo que você ame de paixão (tá…vale até dar uma passada naquela lojinha de bugigangas), aí pelo menos você associa uma coisa boa ao momento tortura (minha mãe já era sabia disso quando deixava a gente escolher um sorvetão da Offner depois da consulta mensal no dentista por causa daquele horror que era usar aparelho fixo nos dentes).

Então é isso, passe seus cremes como quem se faz um carinho, e cultive a beleza com alegria. Boa semana!

Read Full Post »

Que vinho é uma delícia não é novidade! Os benefícios do vinho para a saúde também já são bem conhecidos. Todo mundo já deve ter ouvido falar que o consumo moderado (até duas taças por dia) de vinho diminui o risco cardiovascular, reduz a pressão arterial e os níveis de colesterol. Mas será que funciona na pele?

Fui pesquisar a composição do vinho para tentar descobrir. O vinho é composto por 80% de água (que é um bom veículo). O álcool (entre 10 a 20%) tem função anti-séptica, mas pode provocar o ressecamento da pele se usado diretamente. O restante são ácidos como málico, tartárico e cítrico que são alfa-hidróxi ácidos (como o glicólico sobre o qual já falei bastante aqui) e que atuam como hidratantes, esfoliantes e estimulam a renovação celular. Os ácidos do vinho funcionam, assim, como um peeling químico ultra-suave.

 

bom para o humor, para a saúde e também para a beleza!

Vinho: bom para o humor, para a saúde e também para a beleza!

O vinho contém ainda uma série de substâncias fenólicas que atuam como antioxidantes combatendo os radicais livres (cigarro, poluição, stress e principalmente a exposição ao Sol aumentam esses radicais livres e são os responsáveis pelo envelhecimento da pele). Esses compostos presentes no chegam a reduzir os radicais livres em 85% e superaram a vitamina E em até 100 vezes.

 

Também faz parte da composição do vinho os açúcares, como a frutose, que atuam como hidratantes se aplicados na pele. Além disso, a bebida de Bacco contém uma série de vitaminas como C, B1, B2, B6, biotina, niacina, inositol e ácido pantotênico que agem como balanceadores naturais, e mais também minerais como sódio, potássio, cálcio, magnésio, ferro, manganês, cobre e zinco que catalizam reações fundamentais para a saúde deste invólucro fundamental do nosso corpo.

 

Além de tudo é um convite ao prazer.

Além de tudo é um convite ao prazer.

As terapias com vinho para a pele nasceram na França, lógico, na região de Bordeaux (mais lógico ainda!), em 1993 a partir das pesquisas realizadas por um casal de farmacêuticos apaixonado por vinho. No Brasil existem diversas clínicas e spas que oferecem tratamento a base de vinho. O mais famoso Spa no Brasil é o Villa Europa, pertencente ao grupo que produz os vinhos Miolo, localizado em Bento Gonçalves no Rio Grande do Sul.

 

Se está difícil desfrutar dessa delícia com toda a pompa e circunstância tem abaixo uma opção caseira, no mínimo divertida! Caso não queira arriscar então use o vinho da maneira mais tradicional e gostosa: bebendo! Afinal hoje é sexta-feira. Só não vá dirigir depois, afinal ninguém quer ficar bonitona atrás das grades. Cheers! Proost! Santé! Alla salute! Prost!
Máscara de vinho para o rosto
½xícara (chá) de vinho tinto de boa procedência
1 sachet de gelatina sem sabor
½ xícara (chá) de água fria
Misture a gelatina na água e leve ao fogo brando, mexendo constantemente para dissolver, porém não deixe ferver. Retire do fogo, esfrie e adicione o vinho, mexendo até homogeneizar completamente. Leve a geladeira por 15 minutos ou até começar a espessar e então aplique sobre a pele do rosto limpa e seca, permanecendo em repouso por 20-30 minutos.

Outras delícias que embelezam:

Chocolate

Mel

Estudo que demonstra que se ingerido com moderação o vinho ajuda na proteção contra a radiação solar.
Estudo que comprova a absorção do resveratrol, um polifenol presente no vinho, através da pele.

Estudo que demonstra as ações antioxidante do vinho na pele.     

Read Full Post »

A vitamina C quando aplicada na pele é capaz de cicatrizar feridas, aumentar a produção de colágeno (essencial para a sustentação e firmeza da pele), clarear a pele, proteger contra os danos da exposição ao sol e ainda minimizar os efeitos nocivos dos radicais livres. Então acho que vale a pena conhecer mais sobre essa vitamina, não?

Aposte nos superpoderes da vitamina C para ficar mais bonita!

Aposte nos superpoderes da vitamina C para ficar mais bonita!

A história da vitamina C é antiga, existem relatos do escorbuto (doença causada pela deficiência de Vitamina C, que produz entre outros sintomas sangramentos e inchaço e que pode levar à morte) desde os egípcios antigos. Tanto gregos quanto romanos tiveram suas forças militares destruídas pela doença. Mas foi só no século XVIII, na Inglaterra que se associou a doença à falta de consumo de alimentos ricos em vitamina C.

Além de prevenir contra o escorbuto a vitamina C é fundamental para o bom funcionamento das células, especialmente para formação do colágeno. Na pele a vitamina C atua de duas formas principais combatendo os efeitos do envelhecimento: ela estimula a produção de colágeno e aumenta a proliferação dos fibroblastos (que são as células da pele que diminuem a sua reprodução com a idade).

O colágeno é o ingrediente responsável pela capacidade elástica e resistência da pele, ou seja, sem ele a pele fica mais flácida e frágil. A exposição continuada ao sol é um dos fatores que alteram a síntese de colágeno na pele, levando a formação das rugas.

Aí entra outro papel da vitamina C, proteger contra a exposição solar, ou seja, além de consertar os danos causados pelo Sol ela ainda evita que esses danos ocorram. Quer mais?

Pois tem, estudos comprovaram que a vitamina C é ainda mais benéfica quem fuma, uma vez que ela combate (em parte, lógico) os danos causados pelo cigarro. Isso porque ela atua como antioxidante, combatendo os radicais livres que são liberados pelos fumantes.

Da mesma maneira que a fruta, os cremes com vitamina C perdem as suas propriedades em contato com a luz ou o ar.

Da mesma maneira que a fruta, os cremes com vitamina C perdem as suas propriedades em contato com a luz ou o ar.

A vitamina C pode ser tomada via oral ou usada em forma de cremes ou loções. Para combater o envelhecimento da pele a forma tópica tem se mostrado bem mais efetiva. Mas são necessários alguns cuidados. Primeiro é importante consultar um médico para saber qual a concentração de vitamina C é mais adequada para o seu tipo de pele. Segundo a vitamina C é muito instável (todo mundo já ouviu falar que para aproveitar a vitamina da laranja tem que tomar o suco logo depois de abrir a fruta. Isso porque a vitamina C perde as suas propriedades em contato com a luz e com o ar. Então o creme deve ser guardado em frasco fosco e bem fechado, melhor ainda se for na geladeira!

Estudo  completo sobre os benefícios da vitamina C para a pele.

Veja também o que já falamos sobre vitamina A (ácido retinóico) aqui no blog.
Veja onde encontrar fontes naturais de vitamina C e outras vitaminas importantes para a beleza.

Read Full Post »

 

A minha mãe, é uma grande leitora do blog como já comentei aqui. Ela não escreve nos comentários, mas comenta diretamente com a autora. Na última vez que falamos sobre os posts ela, sempre muito simpática, me fez uma pergunta difícil: como é que eu faço para deixar o chá verde gostoso? É, realmente não é fácil.

Mas para quem, como talvez a maioria das pessoas, não se animou em tomar pelo menos 4 xícaras por dia de chá verde para ficar mais bonita e saudável eu trouxe uma alternativa bem atraente: CHOCOLATE!.

Assim como o chá, o chocolate é uma substância rica em flavonóides, e também em vitaminas B1 e B2. Por isso ele tem ação antioxidante (quem não sabe bem o que é isso clica lá em cima em chá verde que está tudo explicadinho). Por esse motivo o chocolate previne doenças cardiovasculares, diminui o colesterol ruim e a pressão sanguínea, tem efeito protetor no sistema nervoso e atua embelezando a pele de duas maneiras principais: retarda os danos causados à pele pela exposição ao sol e (como aumenta a vascularização) ajuda a levar mais sangue, e conseqüentemente mais oxigênio para a pele deixando-a mais jovem e brilhante.

Mas cuidado: eu estou falando de chocolate de verdade, não aqueles chocolates ao leite ou recheados que contém só o cheiro (às vezes até artificial) de cacau. O chocolate que faz bem é o mais amargo, com um percentual elevado de cacau na sua composição. Experimente antes de torcer o nariz (comer as coisas menos adoçadas é questão de costume e quando você perceber verá que com menos açúcar os alimentos tem mais sabor).

Os espanhóis logo perceberam que o chocolate era um dos tesouros do novo mundo!

Os espanhóis logo perceberam que o chocolate era um dos tesouros do novo mundo!

Além de ser ingerido o chocolate também pode ser utilizado diretamente em cosméticos na pele. A utilização do chocolate em tratamentos de beleza não é nova. Há creca de 500 anos, o antigo povo Asteca já considerava a iguaria mais que um alimento. Segundo a lenda, o Deus Quetzcoalt presenteava os homens com sementes de cacau e, por isso, o chocolate foi considerado um ingrediente sagrado com propriedades medicinais. Naquela época, a essência do cacau já era utilizada em banhos relaxantes, que podiam ser desfrutados apenas por pessoas mais próximas do rei.

O chocolate tem ação hidratante e, como já falei é rico em substâncias antioxidantes, vitaminas B1 e B2, que são importantes para o crescimento e fortalecimentos dos tecidos. Como também é fonte de lipídeos, ele forma uma camada protetora na pele, evitando que ela perca água, isto é, que ela fique desidratada.

O chocolate tem ação tensora, revitalizante e nutritiva. Existem diversos cosméticos com chocolate na sua composição mas se você preferir fazer algo em casa (e ter certeza que está mesmo colocando cacau na pele) esta máscara é ideal para o inverno porque nutre a pele e tem alto poder de hidratação. É recomendada para peles danificadas. Não deve ser utilizada para as oleosas ou com acne (existem estudos que indicam que a manteiga de cacau é comedogênica e pode piorar a pele de pessoas com tendências a formar comedões).

Apesar de ser natural não significa que a máscara feita em casa não possa ter efeitos colaterais, portanto o melhor é antes de se aventurar, consultar um dermatologista para ver se ela não é contra indicada no seu caso específico.

Máscara fácial de chocolate

Essa máscara da vontade de lamber!

Essa máscara da vontade de lamber!

1/3 de xícara de cacao em pó
3 colheres de sopa de creme de leite
e colheres de sopa de queijo cotagge
¼ xícara de mel (já falamos dele aqui)
3 colheres de sopa de aveia

Junte todos os ingredientes, deixe no rosto por cerca de 10 minutos e enxágüe com água morna.

Nigella tem as melhoras receitas com chocolate!

Nigella tem as melhoras receitas com chocolate!

 

Se não quiser colocar chocolate no rosto e preferir comer (como eu!) segue o vídeo com umas das minhas receitas preferidas da minha ídola culinária, a fantástica Nigella Lawson (que é especialista em receitas com esse produto maravilhoso).

 

 

Estudos científicos comprovando a ação do cacau para

aumentar o fluxo de sangue e oxigenação da pele.

aumentar proteção contra UV e melhora o aspecto da pele da mulher.

proteger o coração

postergar os danos neurológicos causados pela idade

Mas eu gostei mesmo deste que conclui que o cacau supera o chá (pelo menos na redução da pressão artérial – o artigo está indexado no pubmed também mas não tem o resumo lá, então eu busquei em outro site, porque afinal,o chocolate merece!)

Read Full Post »

Diversos estudos e reportagens têm demonstrado uma série de benefícios do chá verde para a saúde. Os chineses conhecem há mais de 4.000 anos as propriedades medicinais do chá verde usando-o para tratar todo tipo de doença, de dor de cabeça à depressão.

Pesquisando em sites de artigos científicos com o pubmed pode-se encontrar uma infinidade de artigos que testam as mais diversas propriedades atribuídas ao chá-verde. A maior parte desses estudos comprova os benefícios desde que se fique atento para a qualidade do chá empregada, para o modo de preparo e para a quantidade de chá verde ingerida. Assim, tomar uma vez por mês uma xícara de chá verde de procedência duvidosa, muito quente e ainda adoçado não traz benefícios para a saúde de ninguém.

O que é o chá verde?
Em primeiro lugar a palavra chá só é corretamente empregada para os produtos que contenham a planta Camellia sinensis. O processo de fabricação do chá verde (no qual as folhas não são expostas ao sol para secagem – como é feito com o chá preto) permite que as catequinas presentes nas folhas da planta sejam preservadas. As catequinas são as substâncias encontradas no chá verde que possuem propriedades antioxidantes, elas fazem parte de um grupo de substâncias chamados flavonóides (vamos falar mais sobre eles em outros posts em breve), presentes em uma série de frutas e outros vegetais e tem características semelhantes das vitaminas.

O que significa uma substância ser antioxidante?
Ser antioxidante não significa combater o oxigênio. Significa que elas atuam contra uma reação química chamada de oxidação. Essa é a reação que causa a ferrugem no ferro, os que deixam as frutas expostas ao ar pretas. O contato do oxigênio com algumas moléculas causa essa reação que libera radicais livres. Esses radicais livres são responsáveis por uma série de danos ao corpo entre eles o envelhecimento da pele.

Quanto chá verde é necessário beber para ter os benefícios?
É difícil dizer exatamente, mas a maioria das pesquisas só comprova os benefícios do chá verde para a saúde quando se toma entre 3 e 10 xícaras do produto por dia, o que dá cerca de 1,000 mg de catequinas.

Quais os benefícios para a beleza comprovados do chá verde?
Entre os diversos estudos feitos com chá verde, foi comprovado que o consumo do produto traz benefícios neurológicos, diminui a incidência de uma série de tipos de câncer como de mama, de próstata e de pele, diminui os níveis de LDL (o colesterol “ruim”) e aumenta os níveis de HDL (tendo assim efeito de diminuir o risco de doenças cardiovasculares), bem como diminui a incidência de diabetes tipo 2.

Em termos estéticos o chá verde seja ele consumido ou usado em produtos cosméticos tem poder de proteção contra os raios solares, ou seja, minimiza os efeitos da exposição solar que é a principal causa do envelhecimento da pele. Isso não significa que quem toma chá verde pode dispensar o protetor solar, mas o seu uso é potencializado e os efeitos são mais duradouros.

O chá verde também tem benefícios comprovados na saúde bucal (e ninguém discorda que a saúde dos dentes é fundamental para a beleza né?), isso porque os componentes do chá verde combatem a placa bacteriana, diminuem a incidência de cárie e a produção de tártaro.

O chá verde também tem sido estudado no combate à obesidade (se bem que para esse efeito acredita-se que o chá Oolong – um outro tipo de preparação com a mesma planta que faz o chá verde e sobre o qual falaremos em breve – tenha efeitos superiores). Estima-se que o consumo de 3 xícaras de chá verde por dia, sem açúcar obviamente, leve a uma queima adicional de 80 calorias (parece pouco, mas se multiplicarmos pelos 365 dias no ano dá 29.200 calorias!!)

Como preparar o chá verde?
Use um saquinho (ou 2-4 gramas se for usar as folhas soltas) de chá verde por xícara.
Leve a água para ferver. Depois de fervida espere a água esfriar por cerca de 3 minutos. Coloque então a água sobre o chá e deixe agir por 3 minutos. Deixe o chá esfriar novamente por mais 3 minutos. Tome sem adoçar (o açúcar além dos malefícios conhecidos ainda atua quebrando parte do efeito benéfico das catequinas presentes no chá verde).

Estudos americanos sobre os chá verde engarrafados têm concluído que no processo de industrialização a maior parte dos benefícios presentes no chá são perdidos, portanto esses produtos não substituem o chá verde preparado em casa a partir das folhas de boa qualidade.

Mais sobre água e beleza aqui no bulledebeaté

Mais alimentos e beleza aqui no bulledebeauté

Tudo sobre o chá verde (em inglês)

Estudo sobre chá verde e câncer

Efeito protetor do chá chá verde contra a radiação solar:

Chá verde e saúde dentária

Estudos relacionando chá verde com obesidade aqui e aqui

Read Full Post »

A origem do uso do ácido retinóico está na descoberta da vitamina A no início do século XX. Temos necessidade diária de um consumo de 5.000 unidades de vitamina A, facilmente encontrada em vegetais amarelos e verdes. A deficiência da vitamina A provoca visão embaçada e faz com que a pele fique seca, avermelhada e descamada.

Durante a década de 30 a vitamina A foi utilizada em altas doses para tratar doenças da pele, mas seus efeitos colaterais (como dor de cabeça, zunido no ouvido, lábios cortados e ressecados, dores articulares e queda de cabelo) além da toxidade no fígado se usada em altas doses limitaram o seu uso.

Vegetais como a cenoura são uma fonte natural de Vitamina A, de onde vem o ácido retinóico.

Vegetais como a cenoura são uma fonte natural de Vitamina A, de onde vem o ácido retinóico.

Devido a essa alta toxicidade é que a vitamina A natural em altas doses foi abandonada e se começou a buscar derivados sintéticos. A Isotretinoina oral foi o primeiro derivado sintético da vitamina A aprovado nos EUA para tratamento da acne cística. Na mesma época o etretinato foi liberado para tratamento da psoríase.

Diferentemente desses dois derivados citados o ácido retinóico (tretinoina) é um metabólico natural da vitamina A. É a vitamina A ácida, a principal forma da vitamina encontrada na pele. Seu efeito se dá sobre o DNA da célula da pele, aumentando a capacidade de renovação da pele.

O primeiro uso do ácido retinóico tópico foi para o tratamento da Acne, com o tempo os pacientes relataram uma diminuição nas rugas, especialmente as mais finas, com o uso prolongado do medicamento.

Com a experiência clínica foi-se percebendo que todos os efeitos do fotoenvelhecimento (envelhecimento da pele devido à exposição ao Sol) podem ser diminuídos com o uso prolongado do ácido retinóico em gel ou creme. Ou seja, pode-se diminuir manchas e rugas. Além disso a pele fica mais fina, com uma coloração mais rosada, parecendo mais jovem. As células com pigmento são melhor distribuídas e diminui o agrupamento de tecido elástico com regeneração do colágeno.

Como efeitos adversos, principalmente depois das primeiras aplicações, o produto pode trazer ressecamento, vermelhidão e descamação da pele.

O grande problema do ácido retinóico é a que ele aumenta a sensibilidade da pele ao Sol: os pacientes devem usar filtro solar com FPS alto, aplicar o produto à noite e interromper o tratamento pelo menos 48 horas antes de se expor ao sol.

Na verdade o ácido retinóico deixa a pele mais sensível a tudo, especialmente perfumes e cosméticos, então durante o tratamento deve-se limpar a pele com sabonete neutro.

Tratamentos com ácido retinóico precisa de acompanhamento médico.

Tratamentos com ácido retinóico precisa de acompanhamento médico.

Existem derivados do retinóico com ação semelhante e menos restrições, como o tazacopeno. ”Os resultados são iguais e não há fotossensibilidade, mas ele não é encontrado no Brasil, e por isso o preço é alto”, comenta Otávio Macedo.

Além do tratamento para acne e para combater os efeitos do envelhecimento, o ácido retinóico também é usada no tratamento de estrias , e os bons resultados aparecem especialmente nas estrias mais recentes, de coloração avermelhada.

É importante lembrar que o ácido retinóico é um medicamento que necessita de prescrição e um acompanhamento constante de um dermatologista. Já o Retinol (nome que se dá a forma álcool dessa vitamina) pode ser usado em cosméticos (sem prescrição) e com efeitos bem menores se comparados ao ácido retinóico.

Na gravidez e na amamentação, o ácido retinóico é proibido: passa pelo leite, causa malformação no feto e pode afetar o desenvolvimento do bebê. Os resultados não são imediatos, deve-se usar o produto constantemente por pelo menos 6 meses para ver bons resultados.

Uso doméstico – O ácido retinóico não pode entrar na formulação de cosméticos, mas pode ser prescrito pele dermatologista para uso em casa, em concentrações baixas como 0,025% e 0,05%. Por ser extremamente fotossensível, só pode ser usado á noite.

Uso em consultório – O retinóico já foi mais requisitado para peelings, em concentrações de 1% a 5% em sessões semanais. Hoje, com a concorrências de substancias mais modernas e rápidas, ele esta sendo mais utilizado para complementar a ação de outros ácidos ou peelings.
Os medicamentos com ácido retinóico podem ser prescritos na forma manipulada, com a concentração ideal para cada tipo de pele e fase do tratamento. Existem duas formulações comerciais com o composto: o Vitanol A e o Retin-A

Além do uso estético, por atuar no DNA celular o ácido retinóico também tem sido usado de maneira promissora no tratamento de formas de câncer especialmente na pele e na bexiga (mas há estudos sendo feitos com sua aplicação também em outros tipos de tumores). Para mais detalhes sobre os usos da vitamina A e seus derivados em dermatologia e oncologia entre aqui.

– Veja mais sobre tratamentos para acne aqui e aqui

– Veja mais sobre tratamento contra estrias aqui

– Veja mais sobre tratamentos contra rugas e envelhecimento aqui e aqui

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »