Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 20 de setembro de 2010

Acompanhar o índice UV nos Estados Unidos foi incorporado ao hábito das pessoas quase como ver a previsão do tempo. Aqui no Brasil ainda ouvimos pouco sobre o assunto, mas é mais um fator para a gente se lembrar na hora de se proteger contra o Sol.

O índice UV mede a quantidade de raios ultravioletas que atingem a nossa pele. Ele é calculado por CEP, e leva em conta a quantidade de nuvens prevista, a camada de ozônio e a altitude do lugar. Assim, quanto menos nuvens, menor a camada de ozônio e mais alto o lugar maior será o índice UV.

Para facilitar, esse índice é dado em forma de nota de 1 a 10, sendo 1 um risco baixo para quem se expõe ao Sol e 10 o risco mais alto.

Tabela de índice UV e o risco para cada tipo de pele.

O indice UV para cada cidade é divulgado diariamente no site inglês weatheronline. No link está a cidade de São Paulo.

Para essa semana que está começando na nossa São Paulo da garoa o índice UV recebe nota 10, ou seja risco máximo todos os dias!! Ou seja, não dá mesmo para esquecer o filtro solar.

Índice UV na cidade de São Paulo nesta semana! 10 todos os dias!

Na inglaterra, onde o índice é mais usado, ele raramente ultrapassa 8, mas a nossa realidade é beeem diferente. Então se queremos manter a nossa pele jovem e minimizar as chances de câncer de pele é imprescidível se proteger todos os dias, mesmo nos nublados.

Isso porque os danos à pele são cumulativos e mesmo se o índice estiver baixo, ainda assim ele nunca é zero, para mostrar que um pouco de efeito sempre há. No nosso país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza então nem se fala!

Em tempo: A tabela que eu coloquei acima é de como o índice foi criado e como ainda é divulgado nos países mais frios. Porém, a tabela teve que ser estendida já que não demonstrava a realidade dos lugares mais ensolarados. Então o foi criada a categoria risco extremo (acima de 11). O índice mais alto já registrado foi de 17, na Australia…praticamente uma churrasqueira 😉 Beijos!

Em tempo 2: O site do uol, conforme indicaram nos comentários, também divulga o índice de UV para várias cidades brasileiras. O de São Paulo está no link, fica no finalzinho da página.

Read Full Post »