Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 7 de setembro de 2008

Eu estava conversando essa semana com umas amigas sobre vaidade, cuidados com a aparência, essas perfumarias, quando uma delas apresentou uma frase interessante que eu trouxe para vocês: Beleza é coisa da juventude, os maduros podem ser agradáveis, simpáticos, podem trazer no rosto a herança nítida de uma beleza que morou ali algum dia, mas a beleza pertence à juventude, não podemos resgatá-la e as tentativas de resgate, quanto mais avança o tempo sobre nós, mais esdrúxulas parecem.

As quatro lindas mocinhas, não podem reclamar que papai do céu não foi bondoso em termos de beleza.

As quatro lindas mocinhas, não podem reclamar que papai do céu não foi bondoso em termos de beleza.

É claro que hoje em dia a beleza está muito ligada à juventude. Faz parte da nossa cultura descartável que em geral valoriza o que é novo e despreza o que é velho. Em relação à beleza essa máxima é ainda mais cruel com as mulheres. Vemos por aí uma série de galãs cinqüentões e até sessentões fazendo filmes românticos. Mas mulher com mais de 35 raramente é a mocinha da história. Em termos de saúde isso é um contra-senso, já que as mulheres vivem em média vários anos a mais do que os homens. Portanto a questão é mais cultural do que biológica.

Não cuidar da aparência só por acreditar que ela pertence aos jovens é uma filosofia do tipo “Já que” e que costuma ser usava em uma série de outras desculpas para quem prefere não cuidar da vaidade. Quer exemplos? Já que eu estou grávida e vou engordar mesmo, posso comer quanto chocolate eu quiser. Já que eu não vou sair de casa hoje não preciso nem pentear o cabelo. Já que eu não vou usar biquíni não preciso fazer depilação.

Com QI de 154, oficialmente superdotada Sharon Stone mostra que é mais do que possivel ser linda e inteligente (além de mega sexy).

Com QI de 154, oficialmente superdotada Sharon Stone mostra que é mais do que possível ser linda e inteligente (além de mega sexy).

Eu sou da opinião que cada pessoa tem um nível próprio de vaidade. Algumas são mais e outras são menos e não há nada de errado com isso. Uma pessoa pode não se importar nem um pouco em estar fora dos padrões estéticos (que muitas vezes mudam e são culturais mesmo) ou pode se achar linda com os cabelos ressecados, as unhas descascadas e a depilação vencida, enquanto outra sente que precisa estar sempre com a pele, o corpo, e os cabelos em dia.

O que eu não concordo é quando se associa o cuidado com a aparência com o não-cuidado com a cabeça. Já passamos da fase que a mulher tinha que escolher entre ser bonita ou ser inteligente né, gente?

Por outro lado, temos que tomar cuidado para não cair em exageros que acabam deixando as pessoas mais feias ao invés de mais bonitas (Michael Jackon é o maior exemplo, mas existem vários), e também para não sobrevalorizar os nossos defeitos. As pessoas quando olham para você a primeira coisa que reparam não são nos 3 fios de cabelo branco que estão saindo na cabeça nem no esmalte que acabou de dar uma lascadinha. Vaidade é bom, mas viver em função dela não é lá muito saudável.

Então é isso: Aprecie com moderação (mas de vez ou outra se jogue de cabeça também porque ninguém é de ferro)!

Mais pensamentos de domingo é só entrar aqui.

Sophia Loren, Julie Andrex, Brigite Bardot e Liz Taylor tem menos de 3 anos de diferença de idade e mostram que os cuidados fazem diferença na maturidade, ou não?

Sophia Loren, Julie Andrex, Brigite Bardot e Liz Taylor (as mocinhas lá de cima) tem menos de 3 anos de diferença de idade e mostram que os cuidados fazem diferença na maturidade, ou não?

Read Full Post »